O que você procura?

1 2 3 4 5 6 7 8

Vereador cobra informações sobre distribuição de alimentação escolar para alunos de rede municipal : 12/05/2020 19:13

Suspensas desde o dia 19 de março, as aulas nas Escolas Municipais de Varginha ainda não têm previsão para voltar, e diante deste cenário provocado pela pandemia do novo coronavírus é preciso se atentar às novas realidades apresentadas, principalmente em termos de assistência social. Por isso, o vereador Leonardo Ciacci apresentou um requerimento na Câmara Municipal, questionando a Prefeitura sobre a distribuição de merenda a esses alunos que não estão frequentando a escola, principalmente aqueles que vivem em situação de vulnerabilidade social.

“Sabemos que tem muitos alunos que encontram na merenda escolar a única refeição do dia e desde o início da pandemia estamos preocupados e cobrando do Executivo uma medida para que essas crianças não fiquem desassistidas neste momento de isolamento social. Sendo assim, apresentei um requerimento cobrando informações oficiais se estão sendo tomadas medidas para atender esses alunos”, explicou o vereador.

No documento assinado pelo vereador o Executivo é questionado se existe programação para fornecimento de alimentação escolar a alunos da rede pública e de famílias de baixa renda do Município e se existe, ele pede para detalhar.

“Vivemos a crise mais grave dos últimos tempos em decorrência desta pandemia e, por isso, o Poder Público precisa oferecer apoio às pessoas mais vulneráveis e neste caso, especificamente, é preciso dar atenção às crianças e jovens que se encontram em extrema vulnerabilidade. Por isso, pedimos que essas respostas sejam enviadas o mais breve possível para que possamos dar um retorno a todos aqueles que estão cobrando medidas”, opinou Ciacci.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura recebe R$ 200 mil para manutenção do Programa de Aquisição de Alimentos : 12/05/2020 19:10

O Ministério da Cidadania, por meio da portaria de N° 21, do dia 23 de Abril de 2020, publicada no Diário Oficial da União, liberou para a manutenção do Programa de Aquisição de Alimentos – PAA na cidade de Varginha, R$ 200.000,00 (duzentos mil reais ).

“O empenho do prefeito Verdi Lúcio Melo e da equipe do setor de segurança alimentar com toda certeza fez a diferença para que o município fosse contemplado com esse recurso”, disse Thulyo Paiva Machado Coordenador do PAA – Banco de Alimentos de Varginha.

“O programa garante a comercialização dos produtos oriundos da agricultura familiar no município e coloca alimento na mesa das famílias em situação de insegurança alimentar, equipamento importante para que possamos passar esse momento de excepcionalidade no controle da pandemia viral Covid-19″, explicou o prefeito, Vérdi Melo.

O programa adquire alimentos, com isenção de licitação, por preços de referência que não podem ser superiores nem inferiores aos praticados nos mercados regionais, até os limites estabelecidos pelo Decreto nº 6.447 ao ano por agricultor familiar que se enquadre no Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar – PRONAF, exceto na modalidade Incentivo à Produção e Consumo do Leite, cujo limite é semestral.

Os alimentos adquiridos pelo programa são destinados às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional, atendidas por programas sociais locais e demais cidadãos em situação de risco alimentar, como indígenas, quilombolas, acampados da reforma agrária e atingidos por barragens.

Compartilhar no Facebook

Vereador cobra insalubridade para servidores que atuam na área da saúde : 12/05/2020 19:06

O vereador Joãozinho Enfermeiro apresentou um requerimento na Câmara Municipal de Varginha onde questiona a Prefeitura sobre a concessão de adicional de insalubridade aos servidores da Secretaria Municipal de Saúde.

“Quero saber se haverá pagamento do adicional de insalubridade aos servidores que atuam no atendimento público, na Secretaria Municipal de Saúde, neste ano de 2020. Se tem previsão deste pagamento, quero saber para quando e se não, quero que expliquem o por quê”, disse o vereador.

No documento assinado pelo vereador, é justificado que o pagamento do adicional é um direito dos servidores que exercem funções em condições gravosas à saúde como: hepatite, resfriado, virose, conjuntivite, tuberculose, AIDS, suspeita de H1N1 e, agora, o próprio Covid-19.

“Essas pessoas estão diretamente ligadas ao atendimento de munícipes que podem apresentar doenças contagiosas. Elas estão na linha de frente, principalmente neste momento de pandemia que estamos vivendo, acredito que eles devem receber esse adicional, pois colocam em risco sua saúde em benefício da população”, destacou o vereador.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura inicia atividades não presenciais na rede municipal de ensino : 11/05/2020 18:43

A Prefeitura de Varginha, por meio da Secretaria Municipal de Educação, criou o Portal da Educação, uma plataforma online onde os alunos terão acesso às atividades desde a Educação Infantil até o 9º ano para auxiliar em seu aprendizado.

Entre os dias 11 e 13 de maio, os profissionais da educação estarão participando de formação para aprimorar a prática pedagógica e iniciar com os alunos as atividades não presenciais. As atividades pedagógicas não presenciais serão disponibilizadas a toda comunidade escolar a partir de 14 de maio.

“Preocupado com a suspensão das aulas da Rede Municipal de Ensino pedi a nossa secretária de Educação, Elaine Biancatelli, que criasse um plano estratégico no sentido de minimizar os impactos negativos, principalmente para nossos alunos”, disse o prefeito Vérdi Melo.

Vérdi conta que as atividades não presenciais começam a ser executadas a partir dessa segunda-feira (11). “Porém, para que possamos conquistar este objetivo precisamos do envolvimento incondicional da nossa equipe de profissionais da Secretaria de Educação, alunos e pais de alunos.”

A Secretaria de Educação, Elaine Biancastelli, explica que com este período de distanciamento social, tornou-se necessário se reinventar, recriar, criar outras possibilidades para amenizar os impactos na aprendizagem dos alunos, de forma a manter o vínculo entre escola e alunos, e também criar outras possibilidades de aprendizagem.

Visando o bem-estar de toda a comunidade escolar, a Prefeitura de Varginha por meio da Secretaria da Educação criou o Portal da Educação, uma plataforma online com atividades pedagógicas. As atividades farão parte da composição da carga horária dos alunos para que o ano letivo não seja comprometido.

Elaine conta que as atividades serão disponibilizadas por outros meios digitais, os alunos que não tiverem acesso ao esses meios poderão retirar o material nas unidades escolares. Os alunos da Zona Rural receberão todo o material impresso.

“Nesse momento precisamos ter um trabalho colaborativo com a participação de todos. É um momento de serenidade, ponderação e de muito trabalho em parceria, para que juntos possamos transpor todas as dificuldades.” enfatizou Elaine.

Compartilhar no Facebook

Vereador Dudu Ottoni visita Centro de Especialidades Odontológicas : 08/05/2020 19:19

O vereador Dudu Ottoni esteve, na manhã dessa quinta-feira (07), na sede do Centro de Especialidades Odontológicas – CEO – de Varginha para verificar o cumprimento da emenda ao orçamento municipal, de sua autoria, que permitiu destinar R$ 150 mil para a instituição. O recurso foi utilizado para a aquisição de um equipamento para radiografias panorâmicas, totalmente digital, sem necessidade de filme.

De acordo com o coordenador do Centro de Especialidades Odontológicas, Augusto Cesar Souza Raimundo, com a aquisição deste aparelho, serão economizados cerca de R$ 18 mil anuais que eram gastos para pagar a realização do exame em prestadores de serviço privados.

“Temos feito esforços diários para atender nossa população de forma resolutiva, mas agora, com essa sua contribuição, demos mais um passo rumo à excelência nos atendimentos do Centro de Especialidades Odontológicas de Varginha”, agradeceu o coordenador ao vereador Dudu Ottoni.

Ainda de acordo com informações do CEO, o aparelho adquirido graças à emenda destinada, tem capacidade de fazer 11 tomadas pré-programadas panorâmicas e teleradiografias, sem necessidade da fase de processamento do filme e com baixas doses de radiação.

“Ficamos muito felizes de saber que por meio do nosso trabalho no Legislativo conseguimos ajudar uma área tão importante, que presta serviços de extrema relevância à nossa população. Com a aquisição deste aparelho será feita uma economia para os cofres públicos e ainda estamos investindo em tecnologia de ponta para poder atender os pacientes com comodidade, segurança e efetividade nos resultados”, disse Dudu Ottoni.

Com o valor da emenda destinada, além do raio-x panorâmico, também foi adquirido um consultório completo, todo moderno, com refletor de led de cinco lâmpadas, sensores e comandos digitais e, ainda, 22 mochos odontológicos, que visam substituir aqueles que já não se encontram em condições de uso.

Vereador Dudu Ottoni foi um dos responsáveis para conseguir a emenda ao Centro Odontológico

“A Saúde Bucal e o CEO agradecem ao vereador e demonstram, com o bom aproveitamento nas compras, a aplicação cuidadosa dos recursos públicos. Por fim, vale reforçar que o benefício maior é para a população que utiliza os serviços do SUS em Varginha” conclui Augusto.

Compartilhar no Facebook

Museu Municipal e Biblioteca Pública de Varginha recebem sistema de videomonitoramento : 07/05/2020 18:19

O casarão Mariana Figueiredo Frota, onde estão instalados o Museu Municipal e a Biblioteca Pública de Varginha, passou a contar com um sistema de videomonitoramento composto por 13 câmeras de segurança. Todo o local, que conta com 850 m², está sendo filmado 24 horas.

O investimento foi feito pela Prefeitura de Varginha, por meio da Fundação Cultural, que é a gestora dos dois órgãos. A consultoria para a compra dos equipamentos e a instalação foi realizada pela equipe da Guarda Civil Municipal de Varginha entre os meses de janeiro e março.

Lindon Lopes, diretor-superintendente da Fundação Cultural, destaca que “esta aquisição vai garantir mais segurança aos visitantes e servidores, além de inviabilizar o furto do acervo composto por peças históricas, objetos e livros”.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura instala tendas com cadeiras em frente agência central da Caixa Econômica; trânsito fica em meia pista no local : 07/05/2020 18:17

Preocupado com a extensa fila de pessoas que buscam o saque do auxílio emergencial na agência da Caixa Econômica Federal, na Praça Getúlio Vargas, a Prefeitura Municipal de Varginha anunciou que montará uma estrutura para acomodar a população, evitando aglomerações. Seis tendas 5x5m, com cadeiras, álcool 70% e água serão fixadas no local.

O prefeito Vérdi Melo esteve em frente a Caixa nesta quarta-feira (6), acompanhado do secretário municipal de Governo, Honorinho Ottoni, para avaliar o local e explicar a montagem da estrutura. “A prefeitura está preocupada com o conforto e bem estar das pessoas que estão na fila, expostas ao tempo e muito próximas umas das outras. Por isso tomamos essa decisão de instalar tendas e oferecer orientação à população”, enfatizou Vérdi.

Às 7h desta quinta-feira (7), o Departamento Municipal de Trânsito – DEMUTRAN, sinalizou o local e o trânsito de veículos passará a ser em meia pista no local, desde a antiga Cive até à Caixa Econômica Federal, devido à instalação das tendas.

Com as instalações, segundo a Prefeitura, fica proibido estacionamento do lado direito da Praça (da antiga Cive até à Caixa); as tendas vão estar no lado esquerdo com proteção de gradil para evitar que as pessoas saiam repentinamente na rua; o tráfego estará liberado do lado direito (onde está proibido o estacionamento) dando acesso à Rua Silva Bitencourt; passa a existir uma faixa de pedestre em frente a Caixa e ao Hotel Fenícia para a travessia das pessoas da tenda para o banco.

“Assim conseguimos montar uma estrutura rapidamente para atender tanto as pessoas que estão na fila da Caixa como também mantivemos o trânsito para veículos e não prejudicamos o comércio local”, adianta Vérdi. De acordo com a prefeitura, ainda está em negociação o fornecimento de água para as centenas de pessoas que aguardam o atendimento bancário.

Atendimento no sábado (9)
Desde o início da semana, todas as agências da Caixa Econômica Federal do país estão trabalhando em horário estendido das 8h às 14h. No próximo sábado (9), as agências da Caixa estarão abertas em 33 cidades do Sul de Minas

No último sábado, porém, moradores da região fizeram filas em agências que não abriram e reclamaram em redes sociais. A Caixa Econômica Federal informou que divulga em seu site quais agências irão funcionar. Em Minas Gerais, 155 agências irão abrir neste dia 9.

Segunda parcela do Auxílio
O calendário para pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de R$ 600 será mais espaçado e não deverá seguir o critério adotado no pagamento da primeira parcela do benefício. Segundo o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, as pessoas não receberão o auxílio durante pouco mais de uma semana, de acordo com o mês em que nasceu.

“Na segunda parcela, poderemos pagar de maneira diferente. Estamos discutindo uma maneira onde já temos a base de dados e podemos ser mais eficientes. A grande maioria das pessoas terá a organização com datas espaçadas. Não faremos a maneira de pagar (a nascidos em) janeiro e fevereiro num dia e, no outro dia, aos nascidos em outros meses”, explicou o presidente da Caixa.

O período de pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial já passou por diversas mudanças. Inicialmente, o benefício seria pago a partir de 23 de abril para quem nasceu em janeiro e fevereiro e nos dias seguintes para os que fazem aniversário nos outros meses do ano. Porém, um dia antes, o Ministério da Cidadania anunciou que o governo estava impedido legalmente de fazer a antecipação.

Na ocasião, o ministério disse que recebeu uma recomendação da Controladoria Geral da União (CGU). A pasta explicou que, devido ao alto número de informais cadastrados, o recurso disponível para cada uma das três parcelas era de R$ 32,7 bilhões, mas já tinham sido transferidos R$ 31,3 bilhões e havia em torno de 12 milhões de cadastros para ser avaliados para a primeira parcela. O Ministério da Cidadania, então, solicitou ao Ministério da Economia a previsão para uma suplementação orçamentária.

Compartilhar no Facebook

Thiago Giovanella : 06/05/2020 20:07

Condições especiais de lançamento.

Compartilhar no Facebook

Empresas de Varginha se adaptam e vendas online passam a fazer parte do dia a dia : 06/05/2020 18:42

A quarentena levou ao fechamento de lojas físicas. Empresas tiveram de partir para o ambiente online em tempo recorde para continuar a vender seus produtos, se adequaram em poucos dias a um processo que levaria meses ou até mesmo anos.

O empresário Hederson da Cunha Bueno, proprietário da Cacau Show Varginha, passou a sua melhor data de vendas (páscoa), com o comércio em quarentena e foi preciso se adaptar para enfrentar esse grande desafio.

“Na Páscoa as vendas de chocolates aumentam muito como um todo, não só as de ovos de páscoa. Como estávamos com as duas lojas fechadas, onde as pessoas não podiam entrar para escolher os produtos, as vendas foram abaixo do planejado, mas ainda assim foram satisfatórias”, disse.

Ele destacou ainda que todos os ovos foram vendidos, mas isso só foi possível através de parcerias e bom desempenho da equipe.

“Conseguimos vender todos os ovos de páscoa das lojas, porque estávamos cercados de gente muito boa. Tínhamos uma equipe muito competente, uma especialista de mídias digitais nos dando suporte a todo momento, além de receber também o apoio de vários amigos e de instituições que colaboramos, que nos apoiaram muito neste momento. Outra ação que fizemos, foi buscar parcerias com supermercados e farmácias para revender nossos produtos. Posso afirmar que o resultado foi muito positivo pelo momento e condições que passamos”, comentou.

A adaptação para as vendas online estão acontecendo em todos os setores, o empresário Bruno Freitas, proprietário da Eloy Calçados trabalhava com vendas através das redes sociais, porém representava apenas 1,5% do seu faturamento, com a quarentena os números subiram. “Na quarentena intensificamos a venda online e as vendas aumentaram 10% nessa modalidade”, disse.

Mesmo com o crescimento, o empresário lembra que as vendas em geral cariam bastante e acredita que levará um bom tempo para o comércio se recuperar.

“As vendas online para muitos segmentos irão aumentar, a ida para meios digitais será essencial para a sobrevivência das empresas, porém acredito que a retomada dos segmentos não essenciais vai demorar uns 12 meses para voltar ao normal, dependendo da duração da pandemia e o nível de desemprego”, finalizou Bruno.

Ferramentas para pequenas empresas

A Assessoria de Comunicação da ACIV, fez o levantamento de duas ferramentas muito úteis para vendas online e custo zero para o empresário.

“Na situação atual, muitos empresários estão sem condições de investir em plataformas de vendas ou contratar alguém especializado para gerenciar suas vendas online, porém, existem muitas ferramentas gratuitas que podem ser grandes aliadas neste momento”, explicou o assessor de comunicação da ACIV, Henrique Avellar.

Uma dessas ferramentas é o WhatsApp Business. O aplicativo foi desenvolvido especialmente para os proprietários de pequenas empresas e é gratuito. Funciona como um WhatsApp normal, porém oferece ao usuário a ferramenta catálogo, onde é possível tirar fotos de produtos com o próprio celular e criar um catálogo com preço e descrição. Uma maneira prática de agilizar o atendimento ao cliente.

“É indiscutível que a maneira de vender nunca mais será a mesma. Os empresários terão que se adaptar, pois o comportamento do consumidor será outro. Cada vez mais as vendas online estarão presentes na vida de todos nós”, finalizou o presidente da ACIV, Anderson Martins.

Compartilhar no Facebook

UPA e Hospital Bom Pastor recebem doações de parceiros : 06/05/2020 18:39

A UPA de Varginha, juntamente com o Hospital Bom Pastor, agradecerem a seus parceiros por várias doações que têm recebidos durante o período de pandemia.

Em nota, a UPA agradeceu a todos pela ajuda pelo enfrentamento ao novo coronavírus.

“A solidariedade merece destaque nesse enfrentamento à pandemia Covid-19. A UPA vem agradecer publicamente parceiros que fizeram doações importantes para a Unidade e para montagem do Hospital de Campanha do Município de Varginha – HCMUV.”

Confira as doações:
Universidade Federal de Alfenas – UNIFAL, que logo no início do enfrentamento, disponibilizou a estrutura física e mobiliários de dois blocos para a montagem do referido Hospital e realizou também a doação de álcool 70%.

O IFSULDEMINAS – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas – Campus de Pouso Alegre, realizou a doação de álcool em gel e líquido 70% e de sabonete líquido.

A Rede Inova – Drogaria Sete de Outubro doou oxímetros de pulso e de dedo (7), medidor de glicose (7), aparelhos de pressão (7), além de cadeiras de roda (3) e de banho (2).

Outro parceiro importante foi a Philips Medical System, que emprestou um aparelho de Raio X Digital Portátil e doou portas de Eucatex (4), quadros brancos (4), tampos de madeira (36), bancadas de aço com tampo de madeira (2), gaveteiros em madeira (3), cadeiras para escritório (104), armários em MDF (3), gaveteiros em aço (4) e prateleiras em aço (8).

O Grupo Educacional UNIS, cedeu 10 macas hospitalares e 10 mil luvas de procedimentos.

A empresa Label Minas Comércio e Serviços Gráficos emprestou uma impressora por 20 dias.

A empresa Troty Confecções doou 200 máscaras de tecido e Sest/Senat também contribuiu com TNT para a confecção de aventais.

Além disso o UPA agradeceu voluntários e a equipe técnica que ajudou na criação do novo hospital de campanha.

Nelsa de Lourdes Calixto, doou 200 máscaras de tecido.

As voluntárias Fátima, Aparecida, Regiane e Maria Bárbara são voluntárias e confeccionarão capote (tipo de avental) e propé (sapatilhas descartáveis).

O agradecimento se estende à equipe técnica para a instalação do Hospital de Campanha com a doação de mão-de-obra na elaboração de Projetos Arquitetônico e de Combate à Incêndio, Montagem da Estrutura e Adequação da Parte Elétrica: Beatriz de Brito Guimarães – Arquiteta e Urbanista e Engenheira de Segurança do Trabalho, Renata Helica Mazzeu – Empresária e Wellerson de Carvalho Leite – Engenheiro Elétrico.

“Também é de fundamental importância a colaboração dos funcionários da UPA, que estão à frente desse projeto, pois além de desempenhar suas atividades (na UPA) colaboram também com o Hospital de Campanha.”

A diretora da UPA, Rosana de Paiva Silva Morais, revela ainda que “a atenção com os colaboradores da UPA estão expressas no carinho da Cacau Show que agraciou a equipe de colaboradores com chocolates, o Projeto Costurando o Bem que entregou chaveiros em formato de coração, a JA Alimentação que forneceu refeições para os funcionários que elaboram 8 horas diárias e a Panificadora Eldorado que enviou lanches para os profissionais que montaram o Hospital de Campanha”. Para ela, “o sentimento é de gratidão porque tem coisas que não conseguimos adquirir em tempo hábil e a Prefeitura já está tendo um custo enorme nesse enfrentamento e toda ajuda que vier é de extrema importância.”

O prefeito de Varginha, Vérdi Melo faz o agradecimento público.

“São iniciativas de pessoas e empresas comprometidas com a nossa cidade a quem a administração pública agradece a colaboração que beneficia diretamente a população; e como estamos todos mobilizados nesse enfrentamento essas participações – que também foram registradas no Hospital Bom Pastor vão ajudar a salvar vidas e jamais serão esquecidas”, destaca Vérdi.

Hospital Bom Pastor
O Hospital Bom Pastor recebeu doações do IFSULDEMINAS – Campus Avançado Três Corações e a Farmácia de Manipulação Vita Corpus de frascos de álcool gel.

A Dra. Karen Dariane Barbosa de Vasconcelos, doou protetores faciais. A Cacau Show entregou chocolates aos funcionários na véspera da Páscoa, o que contribuiu para alegrar o clima das equipes empenhadas no tratamento humanizado dos pacientes.

Compartilhar no Facebook

Senado aprova socorro de R$ 125 bilhões a estados e municípios; Varginha pode receber aproximadamente R$15 milhões : 05/05/2020 19:17

O Senado aprovou no último sábado (2), o projeto (PLP 39/2020) de ajuda financeira a estados e municípios relatado pelo presidente da Casa, Davi Alcolumbre. O projeto contou com 79 votos favoráveis e apenas, um contrário.

Pela proposta serão direcionados R$ 60 bilhões em quatro parcelas mensais. Desse total R$ 50 bilhões serão para uso livre (R$ 30 bi vão para os estados e R$ 20 bilhões para os municípios). Como não participa do rateio dos municípios, o Distrito Federal receberá uma cota à parte, de R$ 154,6 milhões, também em quatro parcelas. Os outros R$ 10 bilhões terão que ser investidos exclusivamente em ações de saúde e assistência social (R$ 7 bilhões para os estados e R$ 3 bilhões para os municípios).

“É uma matéria de fundamental importância para o enfrentamento à pandemia que atinge milhares de brasileiros. Estamos fazendo o possível para minimizar os impactos na economia, educação, segurança e na infraestrutura. É a resposta que todos os brasileiros estão esperando”, ressaltou o presidente do Senado.

A proposta suspende o pagamento de R$ 65 bilhões de dívidas dos Estados e cidades. A administração mineira vai ter suspensa o total de R$ 7,4 milhões. As prefeituras serão beneficiadas ainda com a suspensão do pagamento de dívidas previdenciárias que venceriam até o final de 2020. Somente essa medida, acrescentada ao texto durante a votação, por meio de emenda, representará R$ 5,6 bilhões a mais nas contas. Municípios que tenham regimes próprios de previdência para os seus servidores ficarão dispensados de pagar a contribuição patronal, desde que isso seja autorizado por lei municipal específica.

Os valores de dívidas não pagos serão incorporados ao saldo devedor apenas em 1º de janeiro de 2022, atualizados, mas sem juros, multas ou inclusão no cadastro de inadimplentes. A partir daí, o valor das parcelas que tiveram o pagamento suspenso será diluído nas parcelas seguintes.

O substitutivo também permite a reestruturação das dívidas internas e externas dos entes federativos, incluindo a suspensão do pagamento das parcelas de 2020, desde que mantidas as condições originais do contrato. Nesse caso, não é necessário o aval da União para a repactuação e as garantias eventualmente oferecidas permanecem as mesmas.

Para acelerar o processo de renegociação, a proposta define que caberá às instituições financeiras verificar o cumprimento dos limites e condições dos aditivos aos contratos. Já a União fica proibida de executar garantias e contra garantias em caso de inadimplência nesses contratos, desde que a renegociação tenha sido inviabilizada por culpa da instituição credora.

Compartilhar no Facebook

Museu Municipal de Varginha tem novo diretor : 04/05/2020 19:04

O advogado e administrador Ronei de Jesus Marangão é o novo diretor do Museu Municipal de Varginha. Ele foi apresentado pelo diretor-superintendente da Fundação Cultural, Lindon Lopes, à equipe do Museu Municipal e da Biblioteca Pública na manhã desta segunda-feira (04/05).

Ronei Marangão é formado em administração pela Faceca e em direito pela Fadiva. É pós-graduado em Gerência de Empresas. Já exerceu atividades como bancário pelo antigo banco Bamerindus do Brasil e atuou por mais de 16 anos como funcionário da Copasa.

Atualmente tem um escritório de advocacia em Varginha e exerce a presidência do Solidariedade.

“Vou dar sequência ao trabalho que já vem sendo realizado, que, pelo que eu soube, foi muito bem feito anteriormente pelo nosso superintendente Lindon e pelo Apoliano. Nós temos um acervo muito grande, com cerca de sete mil peças. A história de Varginha está muito representada aqui no nosso Museu”, ressaltou Ronei Marangão.

O ex-diretor do Museu, Apoliano de Jesus Rios, que será candidato a vereador na próxima eleição e por isso teve que deixar o cargo, também participou do encontro para repassar as principais informações ao novo responsável pelo órgão.

“Para mim foi uma experiência muito legal e muito interessante. Conheci várias pessoas que contribuíram para o meu crescimento pessoal e profissional. Durante este 1 ano e três meses, junto com toda equipe do Museu e da Biblioteca, buscamos fazer o melhor serviço possível. Tivemos muitas exposições e peças infantis aos domingos. O Museu me ensinou este trabalho de organização e amizade”, destacou Apoliano.

Lindon Lopes agradeceu toda a contribuição dada por Apoliano e desejou êxito a Ronei neste período à frente da administração do Museu.

“Quero desejar a você muito sucesso nesta nova etapa. Tenho certeza que toda equipe da Fundação Cultural estará ao seu lado para contribuir para que possamos, cada vez mais, ter o Museu Municipal como referência no resgate da história e da memória do nosso município, além de ser um espaço de vivo com exposições, peças infantis, palestras, lançamento de livros e outras ações museológicas”, disse o diretor-superintendente da Fundação Cultural.

Compartilhar no Facebook

Quadra da ‘Pedreira’ na Vila Barcelona passará por reformas : 04/05/2020 18:32

Atendendo determinação do prefeito Vérdi Melo, a quadra da Pedreira, na Vila Barcelona, vai se transformar novamente em um ponto turístico. Nessa semana, profissionais já começaram a limpar o local. Em uma segunda etapa haverá a total revitalização de todos os banheiros com a troca de vasos, pias e pisos.

O espaço receberá também nova pintura, iluminação, cobertura do palco e também um parquinho infantil.

“A ideia é transformar a pedreira em um novo local de lazer para as famílias e para isso vamos fazer a revitalização elétrica e hidráulica e a população já está demonstrando carinho com essa obra, sendo que alguns moradores já se dispuseram para ajudar a olhar o local para não sofrer vandalismo e isso mesmo que precisamos, de pessoas comprometidas com a própria comunidade para um bem comum”, afirma Vérdi.

De acordo com o assessor do prefeito, Anderson Vitor de Barros, Neneco, que está coordenando o serviço, a previsão é que a obra esteja concluída em um mês. “Esse é um local que tem tudo para ser um ponto turístico devido à beleza natural dessa pedra gigantesca”, disse.

Compartilhar no Facebook

Secretária de Educação de Varginha deixa o cargo : 30/04/2020 17:39

A Secretária de Educação do município de Varginha, Rosana Carvalho pediu exoneração e deixará o carga nesta quinta-feira (30).

Em entrevista ao Blog do Madeira, Rosana aprovou a escolha de sua substituta, Elaine Biancastelli.

“O prefeito Vérdi fez uma ótima escolha, é uma pessoa que já estava lá dentro e conhece o processo. Estamos deixando tudo organizado. Na quarentena trabalhei todos os dias, para montar uma plataforma de trabalho remoto. A Creche Nova Varginha já está pronta, falta apenas uma parte de grama para colocar e alguns pequenos detalhes. O mobiliário e computadores estão todos comprados, no galpão. A partir de segunda-feira vai começar a pré-inscrição para famílias que quiserem matricular seus filhos na nova creche.” – disse, a ex-Secretária.

Elaine Biancastelli é natural de Varginha, servidora de carreira há 15 anos, quando foi aprovada no concurso público para o cargo de professora em 2005 e 2009. Pós-graduada e graduada em pedagogia e história atuou como professora regente no Ensino Fundamental e educação de jovens e adultos. Foi vice-diretora e diretora na E. M. Doutor Jacy de Figueiredo (Caic 1) por um período de 9 anos e coordenadora geral do departamento de ensino da Secretaria Municipal de Educação.

“É com muita alegria que aceitei o convite do prefeito Vérdi Lúcio Melo para essa nova etapa. Continuarei com o trabalho de referência que a Secretaria de Educação vem desempenhando, primando pela qualidade, equidade, eficiência e zelando por uma educação para todos.”, disse a nova secretária.

Rosana escreveu também uma carta de despedida e agradeceu pelo tempo de serviço e a oportunidade, confira:

Compartilhar no Facebook

Secretaria de Agricultura intensifica manutenção das estradas rurais : 29/04/2020 18:35

Atendendo determinação do Prefeito Vérdi Melo, a Divisão de Manutenção de Estradas Vicinais da Secretaria de Agricultura iniciou nesta semana atividades de manutenção nas estradas rurais da região do Pneu, sentido Elói Mendes.

O serviço inclui corte de galhos sobre a estrada, patrolamento e cascalho. A equipe percorrerá todo o trecho sentido grupo Unis e, em seguida, região do Lagamar até a divisa com Três Pontas.

O Secretário de Agricultura, Marcos Foresti, ressalta o compromisso da Prefeitura em oferecer boas condições de tráfego aos usuários e produtores rurais de Varginha.

Compartilhar no Facebook

Alvará de Construção e Habite-se passam a ser emitidos pela internet : 28/04/2020 19:24

A partir de agora os documentos relacionados à Construção Civil, tais como Alvará de Construção e Habite-se poderão se solicitados pela internet em Varginha. Os pedidos pode ser feitos diretamente no site www.varginha.mg.gov.br/construcaocivil.

O Secretário de Planejamento Ronaldo Lima trabalhou em parceria com o Cartório de Registro de Imóveis, no sentido de agilizar mais esta oferta a população.

“Num momento em que pedimos a população que fique em casa, que cumpra o isolamento social, nada mais junto do que fazermos a nossa parte no sentido de evitar que as pessoas se desloquem até a prefeitura, integrando nossos serviços de forma online”.

Para conseguir o Alvará de Construção ou o Habite-se, basta o cidadão consultar o andamento de seu processo, caso esteja liberado, e de posse do número do processo, ele então pode expedir seu documento.

Compartilhar no Facebook

Obra do Centro de Iniciação ao Esporte recebe cobertura e entra na fase de acabamento : 28/04/2020 09:38

A empresa responsável pela construção do Centro de Iniciação ao Esporte – CIE no bairro Santa Maria, já concluiu a colocação da cobertura e agora está realizando o acabamento das instalações internas.

O Prefeito Vérdi Melo esteve no local e comentou sobre a obra. “Depois de tantos entraves finalmente estamos vendo o CIE sair do papel e tomar forma. Um projeto ousado que trará benefícios para toda a região”, disse Vérdi.

O valor do contrato é de R$ 2.617.498,48, custeado pelos cofres públicos. O prazo para a conclusão é de 180 dias a partir da data da ordem de serviço, que foi em 28/11 de 2019. Na primeira etapa foram investidos R$ 915.564,68

O CIE de Varginha é o modelo I para terrenos de 2.500 m² e área construída de 1.600 metros quadrados. O ginásio poliesportivo terá arquibancada com 177 lugares. E ainda área de apoio (administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público).

Depois de pronto, o espaço vai abrigar as modalidades olímpicas de atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton e levantamento de peso. E seis paraolímpicas: esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball e futsal.

Compartilhar no Facebook

ETs de Varginha ganham máscara contra o coronavírus : 22/04/2020 19:28

A partir desta quarta-feira (22), um ilustre representante da cidade fará parte da campanha de combate ao Covid-19: o ET de Varginha. As máscaras foram pintadas pelo artista plástico Gleiber Piva, da Secretaria Municipal de Turismo, que cuida das estátuas que ficam na Praça do ET e ao lado da Caixa d`água da Copasa,

Trata-se de uma iniciativa da Prefeitura Municipal, no sentido de fortalecer a mensagem sobre a importância do uso da máscara no enfrentamento à pandemia. A ideia partiu do médico Ítalo Venturelli que foi prontamente aceita pelo prefeito Vérdi Melo.

“Todos precisam se sensibilizar para a necessidade de prevenção, não apenas sobre o uso essencial das máscaras, mas assim como seguir todas as orientações de distanciamento, higiene e a presença ao máximo, dentro de casa”, afirma Vérdi.

Compartilhar no Facebook

Grupo Unis doa máscaras de proteção para Instituições Públicas de Saúde : 22/04/2020 19:24

A Diretoria de Inovação do Grupo Unis está doando máscaras de proteção para instituições de saúde pública. Cada remessa contará com 50 máscaras formadas por uma parte plástica e uma tela de acrílico transparente, essencial para o trabalho dos profissionais da saúde que lidam diariamente com as pessoas infectadas pelo Coronavírus ou por outras doenças.

Para que a instituição possa pleitear a doação, é necessário se cadastrar do projeto Higia, que é quem faz o controle. A meta é aumentar ainda mais a produção para que cada dia mais profissionais possam ser beneficiados pelas máscaras. “Queremos aumentar a produção e já envolvemos cerca de 10 pessoas, entre doadores de material e voluntários”, explica o Diretor de Inovação do Grupo Unis, Paulo Bueno.

Os insumos para a produção dos primeiros lotes das máscaras vieram de doadores. O Grupo Unis possui os filamentos da impressora 3D, considerado o item mais dispendioso na montagem dos equipamentos. As doações necessárias são o acrílico, que fica na frente do rosto, além do elástico para prender o material. “Seguimos procurando parceiros para a produção das máscaras. Quanto mais material, mais conseguimos produzir”, relata Paulo.

As instituições de saúde pública que têm interesse em receber as doações das máscaras produzidas pelo Grupo Unis podem se cadastrar no site www.projetohigia.com.br. Já os parceiros que queiram ser doadores de insumos para a construção dos equipamentos de proteção podem fazer contato através do e-mail paulo.bueno@unis.edu.br

Compartilhar no Facebook

Varginhense terá atendimento 24 horas com psicólogo via telefone : 22/04/2020 19:21

A Prefeitura de Varginha lançou o plantão de atendimento dos psicólogos da rede municipal de saúde. A partir do próximo dia 25, as pessoas que sentirem necessidade de um atendimento psicológico podem recorrer a esse plantão que funcionará mais ostensivamente durante o dia, mas que também prestará assistência à noite e aos finais de semana.

O psicólogo Anderson José explica que nesse período de isolamento social é mais comum as pessoas aumentarem a ansiedade e quem já tem algum transtorno psicológico como a depressão pode ter mais dificuldade com o confinamento. “Entre as manifestações de dificuldade em dias como esses atuais, as pessoas podem apresentar irritabilidade, insônia e compulsão por alimentos”, explica Anderson.

Porém, ele ressalta que não se trata de uma psicoterapia, ou seja, esse serviço é um plantão para atender pontualmente a população nessa época do enfrentamento ao coronavírus.

Para melhor atender a população, a cidade foi dividida em quatro setores. De acordo com o local onde a pessoa mora, ela deverá telefonar para o profissional determinado pela Secretaria Municipal de Saúde – SEMUS que fará o atendimento de urgência psicológica.

Anderson lembra que para as pessoas que moram sozinhas, o isolamento social é pior e reforça que quem precisar pode ligar e entrar em contato com os psicólogos.

O prefeito Vérdi Lúcio Melo explica que “essa é mais uma prestação de serviço que a Prefeitura passa a oferecer, pois a Administração está atenta às demandas da população para que todos juntos consigamos passar por esse enfrentamento em Varginha com o máximo de dignidade sabendo que temos profissionais que estão trabalhando a todo vapor para que as pessoas sejam assistidas”.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura de Varginha lança o projeto “Alô, Doutor” : 22/04/2020 19:15

A Prefeitura, em parceria com a Associação Médica, lançou o projeto “Alô, Doutor”. O objetivo é oferecer atendimento médico gratuito por telefone e evitar que a população se dirija para as unidades de saúde em tempos de pandemia. Casos que podem ser resolvidos sem sair de casa, serão solucionados pelo celular.

“24 horas por dia 60 médicos estão à disposição de quem precisar fazer uma consulta. São esses médicos que vão orientar as pessoas se elas devem ir a um posto de saúde com atendimento presencial”, explica Adrian Bueno, presidente da Associação Médica de Varginha.

O prefeito Vérdi Melo enfatiza que as policlínicas estão atendendo somente casos necessários ou indicados pelos médicos da telemedicina.

Dessa forma, espera-se que haja menor contágio das pessoas ao não ir às unidades de saúde. “Nos reunimos com os representantes da Associação Médica que abraçou essa causa em favor da população de Varginha nesse período de confinamento necessário ao enfrentamento da pandemia mundial”, conclui Vérdi.

Compartilhar no Facebook

Detentos do presídio de Varginha estão confeccionando máscaras : 20/04/2020 21:12

Detentos do presídio de Varginha estão produzindo máscaras para prevenção ao coronavírus. Em média são produzidas cerca de 300 peças, que são distribuídas para profissionais da segurança pública e também para quem está na linha de frente no combate à Covid-19.

O presídio de Varginha é uma das 30 unidades prisionais do Estado que está trabalhando na confecção de máscaras descartáveis. A meta do presídio é chegar a 1.000 peças produzidas por dia.

Os equipamentos de segurança serão doados para autoridades de saúde como Samu e Polícia Militar, além de policlínicas, unidades beneficentes e população.

Ao todo são 14 detentos trabalhando na produção das máscaras, nove mulheres e quatro homens divididos em duas linhas de produção. Segundo o presídio, os presos são selecionados e todos apresentam por comportamento. A cada três dias trabalhados, um dia é reduzido na pena do detento.

Compartilhar no Facebook

Departamento de Pesquisa do Grupo Unis cria espaço digital informativo sobre a COVID-19 : 17/04/2020 17:50

O Grupo Unis compreende que, mais do que nunca, estamos vivendo um momento no qual é essencial ouvir a ciência e acompanhar as fontes de informação mais confiáveis.

Pensando nisso o Departamento de Pesquisa da Instituição, preocupado com a veiculação de informações desencontradas sobre a pandemia de COVID-19, além das fake news, criou um espaço informativo dentro do site do Grupo Unis.

Para auxiliar toda a comunidade acadêmica e regional, foi criado um espaço com links direcionados a órgãos científicos que tratam do tema e artigos publicados que abordam a pandemia. O objetivo deste espaço é facilitar o acesso a informações sobre COVID-19. Trata-se de uma prestação de serviço público do Departamento de Pesquisa do Grupo Unis.

Este espaço informativo pode ser acessado o https://pesquisa.unis.edu.br/?page_id=778

Compartilhar no Facebook

Pesquisa do Sebrae Minas mostra os impactos da crise do novo coronavírus para os pequenos negócios : 17/04/2020 17:47

A pesquisa "Covid-19 e o impacto econômico nos Pequenos Negócios", divulgada neste mês, aponta que para 89% dos empresários pesquisados a crise do coronavírus afetou negativamente os negócios. Outros 9% responderam que não estão sendo afetados e 2% dos entrevistados disseram que estão tendo reflexos positivos.

Para a maioria que sente os impactos negativos da crise, os motivos mais citados são: redução dos lucros, queda do faturamento, aumento do endividamento e dificuldades para conseguir insumos. Mesmo assim, sete de cada dez empreendimentos estão em atividade, mesmo que de forma parcial.

O estudo foi realizado pela Unidade de Inteligência Empresarial do Sebrae Minas, entre os dias 27 de março e 1º de abril. Foram ouvidos 534 Microempreendedores Individuais e pequenos empresários de todas as regiões do estado, pertencentes ao cadastro de clientes do Sebrae Minas. Cerca de 7% deles são do Sul de Minas, dos setores de comércio, serviços e indústria. A margem de erro da pesquisa é de 4,1%, com nível de confiança de 95%.

“Nesse momento, mais do que nunca, veremos a importância de uma boa gestão dos negócios. Aliada ao planejamento financeiro e à inovação, elas serão cruciais para superar a crise, diante deste cenário. Por isso, não deixe de procurar a ajuda do Sebrae, pelos seus canais de atendimento: telefone 0800 570 0800, pelo WhatsApp (31) 99822-8208 ou no site do Sebrae Minas e estar pronto para ser um grande negociador”, afirma o gerente da Regional Sul do Sebrae Minas, Rodrigo Pereira.

Impactos

Ao serem questionados sobre as medidas mais prováveis que deverão ser tomadas por causa da crise, as respostas mais citadas foram: suspensão ou atraso no pagamento de imposto; antecipação de férias ou feriados dos funcionários; suspensão no recolhimento do FGTS dos funcionários, se aprovado em lei; suspensão ou atraso no pagamento de contas em geral (aluguel, luz, água etc); suspensão ou atraso no pagamento de fornecedores; implantação de entrega a domicílio aos clientes (delivery) e redução de carga horária de funcionários, se aprovado em lei.

Os empresários acreditam que deve demorar em média nove meses para a recuperação econômica brasileira.

Delivery

O atendimento remoto, via internet, tem sido uma das soluções encontradas pelos empresários mineiros. A pesquisa apurou que 44% dos entrevistados estão aptos para realizar atividades de forma remota, mesmo que parcialmente; 43% não estavam aptos e 9% ainda não consideraram esta opção.

Quase metade dos que já adotaram esta forma de trabalho afirma que estão enfrentando dificuldades para operar as ferramentas de atendimento remoto.

Orientação

Metade dos empresários (48%) já estão em busca de orientação para a gestão do negócio, neste momento de crise. As fontes mais procuradas pelos empresários tem sido: Sebrae, Redes Sociais e contador. Os assuntos em que mais gostariam de aperfeiçoar neste período são: Finanças, Marketing digital e Estratégia e Gestão.

O objetivo do estudo foi identificar como os pequenos empresários mineiros estão sendo afetados e reagindo ao período de isolamento adotado, para diminuir a velocidade de alastramento da contaminação pelo Coronavírus.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura interdita acesso à Academia de Rua da Vila Paiva : 09/04/2020 19:07

Por determinação do prefeito Vérdi Lúcio Melo, a Guarda Civil Municipal interditou nesta quinta-feira (9), temporariamente, o acesso da Academia de Rua do Alto da Vila Paiva, local muito procurado por pessoas para a prática de caminhadas e corridas.

A decisão foi necessária diante das inúmeras denúncias de pessoas se aglomerando naquele local, infringindo as regras impostas pela Prefeitura por meio de Decreto, que proíbe grandes aglomerações e estabelece uma distância de 1,5 m entre uma pessoa e outra.

Com a determinação da Prefeitura, somente moradores do entorno da Praça do Alto da Cemig, onde fica uma Academia Rua, e funcionários da Cemig poderão ter acesso ao local.

A Guarda Municipal permanecerá no local nos horários de pico – de manhãzinha e no final de tare orientando as pessoas para os cuidados a serem tomados, e durante o dia fará rondas.

De acordo com o prefeito Vérdi Melo, foi uma medida necessária. “Recebemos inúmeras denúncias de aglomeração naquele local, apesar de todos os pedidos que estão sendo feitos para que as pessoas fiquem em suas casas por medida de segurança. Estamos num momento de pico da doença e se todos colaborarem conseguiremos manter sob controle a situação. Mas para isso precisamos que as pessoas façam a sua parte”, disse Vérdi. Segundo o prefeito, outros pontos de aglomeração estão sendo analisados pela prefeitura, e, caso necessário, serão interditados.

Fonte e foto: Prefeitura de Varginha

Compartilhar no Facebook

Voluntários se unem para alimentar crianças durante paralisação das aulas em Varginha, MG : 09/04/2020 19:00

Em tempos de quarentena por conta do novo coronavírus, exemplos de solidariedade tem se tornado cada vez mais frequentes. Mais um deles teve início em Varginha (MG) com voluntários que se uniram para proporcionar refeições a estudantes que dependem de merendas e não têm acesso a elas devido à paralisação das aulas causada pela pandemia.

Uma força tarefa montada pelos voluntários tem produzido todos os dias cerca de dez quilos de arroz, quatro de feijão, mais quatro de macarrão e 15 quilos de frango, além de legumes. A cada dia, o jantar, preparado durante a tarde, é servido em um bairro da cidade.

Tudo começou de maneira despretensiosa quando uma garota bateu à porta da comerciante Thais Lira e disse estar com fome porque as escolas estavam fechadas. Neste dia ela doou o alimento para a criança e depois pensou em expandir a ajuda, iniciando então as jantas diárias aos estudantes.

“É uma emoção muito grande saber que nós estamos contribuindo com eles em pelo menos uma refeição. Isso é muito importante pra gente e muito gratificante”, destacou comerciante Thais Lira, idealizadora do projeto voluntário.

Voluntários se unem para levar comida a crianças que estão sem aulas em Varginha (MG) — Foto: Reprodução/EPTVVoluntários se unem para levar comida a crianças que estão sem aulas em Varginha (MG) — Foto: Reprodução/EPTV
Voluntários se unem para levar comida a crianças que estão sem aulas em Varginha (MG) — Foto: Reprodução/EPTV

Com o projeto em crescimento, as marmitas, cerca de 50 por dia, não estavam sendo suficientes e não estavam chegando a todas as crianças. Pra mudar isso, o jeito foi trocar de estratégia.

Com a ação sendo realizada cada dia em um bairro da cidade, agora os voluntários levam a comida nas panelas mesmo e as crianças se servem após formarem uma fila que respeite o distanciamento mínimo uma da outra.

Por EPTV 2 — Varginha, MG
08/04/2020

Compartilhar no Facebook

Philips Medical Systems empresta Raio X Digital para o enfrentamento ao coronavírus em Varginha : 08/04/2020 15:42

A Philips Medical Systems Ltda é a mais nova parceira da Prefeitura de Varginha no enfrentamento ao coronavírus. A empresa emprestou um aparelho de raio x digital ao hospital de campanha que está sendo montado nos dois prédios da Unifal, em frente a UPA.

A conquista deve-se ao pedido que a diretora da UPA Rosana Morais fez a Nelson Kenso que foi diretor da Philips onde deixou amigos e parceiros. Ele foi o responsável pela intermediação junto a atual diretoria. Luiz Fernando Xavier de Figueiredo, diretor-geral, apresentou a solicitação à Direção da Philips em São Paulo que se sensibilizou e se convenceu da necessidade do aparelho para Varginha enfrentar essa pandemia.

O aparelho que é portátil, digital com revelação on line e permite o resultado imediato, já fi instalado no hospital de campanha. Para a diretora da UPA, Rosana Morais, a Prefeitura está fazendo de tudo para tratar todos os pacientes com dignidade, humanidade e carinho.

“Esse é o exemplo que queremos que muitas empresas e pessoas sigam, principalmente nesse momento que precisamos manter a cidade unida pela vida de todos, assim, esperamos que quem possa ajudar nos procure, pois estamos 24 horas por dia trabalhando nesse enfrentamento ao coronavírus”, declara o prefeito Vérdi Lúcio Melo. Ele ainda ressalta que quem pode deve ficar em casa nessa quarentena e pede as pessoas que precisam sair, que usem máscara e sempre limpem os sapatos ao chegar em casa, com água sanitária diluída em água.

Philips
A Philips fabrica em Varginha produtos e equipamentos destinados à saúde, como Raio-X, ressonância magnética, tomografia e ultrassom, entre outros itens, além de aparelhos do segmento de consumo e saúde pessoal da marca Walita, como liquidificadores, batedeiras e processadores de alimentos. A sede fica na Holanda, sendo que a multinacional emprega 69 mil pessoas, com vendas e prestação de serviços em mais de 100 países.

Compartilhar no Facebook

Cemig informa alteração no processo de leitura de medidores e entrega de contas : 27/03/2020 21:15

A Cemig esclarece que, em função da disseminação do coronavírus, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a suspensão do trabalho dos leituristas em todo o território nacional. Os profissionais da Cemig, porém, continuam lendo os medidores acessíveis pela rua, sem necessidade de entrar em casa. Para os endereços onde isso não é possível, nem se pode entrar na propriedade, a Cemig faz a leitura por estimativa.

Esta alternativa está amparada em autorização da Aneel às distribuidoras de energia de todo o país. A estimativa, segundo a agência, deve ser feita pela média de consumo dos últimos 12 meses, havendo um descolamento do consumo medido em relação ao consumo real, para mais ou para menos. Eventuais distorções serão corrigidas tão logo o trabalho dos leituristas volte ao normal, com acesso às casas, depois da pandemia, ou pela autoleitura. De toda forma, as leituras por estimativa só chegarão nos endereços dos nossos clientes na próxima conta, a partir de abril.

A Cemig destaca que a leitura pelo próprio cliente é bastante simples e rápida. Depois de copiar a marcação registrada nos medidores, basta enviar os números anotados pelos canais de atendimento digitais, como o Whatsapp (31-3506-1116), o aplicativo Cemig Atende ou pelo SMS (número 29810).

Em tempos de rápidas mudanças de cenário, a Cemig se compromete a manter seus clientes atualizados em caso de alterações nos procedimentos de leitura e entrega de contas.

Compartilhar no Facebook

Como a pandemia afeta os contratos de locação comercial : 26/03/2020 21:28

Nesse momento de crise, o mundo está se adaptando para reduzir os impactos da pandemia por Covid-19. Infelizmente, a propagação do vírus não afeta apenas a saúde, mas todo o mercado.

Para os comerciantes, que estão de portas fechadas em sua maioria e alugam o ponto no qual seu comércio está localizado, por exemplo, estão pagando por um imóvel que não pode ser usado após do decreto de quarentena e fechamento de locais que causam aglomeração.

“Tanto proprietários quanto inquilinos devem ter em mente que, neste momento de incerteza, a renegociação extrajudicial dos contratos é, e será, a melhor e mais eficiente solução para qualquer conflito”, afirma Dra. Sabrina Rui, advogada em direito tributário e imobiliário.

Muitas famílias que dependiam de seu negócio estão com as rendas zeradas ou, no mínimo, reduzidas, então torna-se difícil atender a todos os compromissos financeiros que, ao contrário do lucro de caixa, continuam existindo.

“Primeiramente, destaco a importância de abrir uma comunicação franca e direta com os locadores, proprietários ou imobiliárias, e demonstrar os impactos que foram sofridos pela empresa, de uma forma transparente, sem pretender auferir vantagens oportunistas em momento de crise”, conta a especialista.

Quando acontece de forma clara, a negociação é sempre o melhor caminho para ambas as partes, evitando-se a judicialização dos contratos, que pode inclusive vir a acarretar futuros despejos, ou ainda a redução drástica do valor da locação mediante intervenção do Poder Judiciário.

Em geral, os contratos de locação comercial (ou, nos termos da lei, “não residencial”) por prazo determinado preveem índices anuais de reajuste. Contudo, a excepcionalidade dos tempos em que vivemos recomenda bom senso na renegociação, especialmente por parte do locador, até porque o art. 18 da Lei do Inquilinato possibilita, a qualquer momento, que um novo valor para o aluguel seja pactuado de comum acordo, com a modificação da cláusula de reajuste.

“Porém, não se pode tratar todos os contratos de forma generalizada. Cada caso deve ser analisado individualmente, dada as particularidades de cada situação, e sendo entabulada uma negociação esta deve ser objeto de um aditivo contratual, a fim de proteger ambas as partes”, explica.

Os fatores a serem analisados em cada tratativa são: se a empresa tinha sua renda exclusivamente de vendas presenciais ou se tinha grande atividade em vendas online, se o contrato prevê expressamente que o inquilino será responsável pela locação mesmo em situações de caso fortuito e/ou força maior, se houve determinação legal (decretos, leis) determinando o fechamento da empresa, o período que a empresa ficou e ficará fechado, e o período de recuperação da atividade.

Todos os envolvidos devem ter em mente que a renegociação extrajudicial dos contratos é uma forma de ambas as partes ganharem – se de um lado o locatário reduzirá seu custo operacional, de outro, o locador minimizará os riscos de que o imóvel fique vago por um prazo incerto. E juntos, de forma colaborativa, superarão o período de crise.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura de Varginha divulga telefone para casos de sintomas do coronavírus : 18/03/2020 19:18

Em caso de sintomas de coronavírus, ligue para 98469-1901 ou 98464-8170

Compartilhar no Facebook

Lago de Furnas abastece oito hidrelétricas e contribui com hidrovia Tietê-Paraná : 03/03/2020 19:58

Ano após ano, o volume de água no Lago de Furnas tem diminuído consideravelmente. E este problema não causa preocupação apenas para a região em que a represa fica localizada. A situação se torna grave por conta de que o reservatório abastece oito outras hidrelétricas e contribui para navegação da hidrovia Tietê-Paraná.

Milhares de pessoas estão mobilizadas para tentar mudar este cenário. Em menos de um mês, um grupo foi criado para defender uma cota que deixe o lago dois terços mais cheio. A ação, iniciada por redes sociais, já reuniu mais de 200 mil seguidores.

O projeto ainda conta com apoio oficial de 34 municípios e nas condições pedidas pelo grupo, o Lago de Furnas atenderia a geração de energia, a pesca e o turismo.

Volume de água no Lago de Furnas tem diminuído ano a ano — Foto: Reprodução/EPTVVolume de água no Lago de Furnas tem diminuído ano a ano — Foto: Reprodução/EPTV
Volume de água no Lago de Furnas tem diminuído ano a ano — Foto: Reprodução/EPTV

Negativa de Furnas
No entanto, Furnas alega que, tal medida, aumentaria os custos e o desabastecimento das oito hidrelétricas.

Furnas informou que a cota mínima regulara por um acordo com a Agência Nacional de Águas é de 750 metros acima do nível do mar e também disse que o nível atual está baixo por conta do abastecimento das oito hidrelétricas e pela contribuição para a navegação da hidrovia Tietê-Paraná.


Ainda segundo Furnas, na cota de 762 metros acima do mar, os custos da operação chegam a até R$ 718 milhões.

Participação da sociedade
Mesmo com as alegações de Furnas, o professor de gestão de recursos hídricos Clibson Santos afirma ser importante que a sociedade faça parte da discussão sobre a cota.

“A rediscussão dessa cota é fundamental até mesmo como um passivo histórico que tem em relação até mesmo em relação à própria construção da usina. É importante que a sociedade tenha a oportunidade de se manifestar em relação ao nível do reservatório, pois isso vai interferir diretamente na sua vida”, disse.

Fonte: G1 Sul de Minas

Compartilhar no Facebook

Projeto de obra para construção do Hospital da Criança avança : 06/02/2020 19:31

O prefeito Antônio Silva publicou em uma de suas redes sociais um post sobre o avanço do projeto de construção do Hospital da Criança. De acordo com prefeito, na última segunda-feira (5) foi concluída a etapa de sondagem do solo.

Ainda segundo o prefeito, o projeto arquitetônico já foi aprovado pela Vigilância Sanitária e os projetos complementares como o estrutural, elétrico, hidráulico, dentre outros, já estão sendo elaborados por um Escritório de Engenharia contratado.

“Gostaria de começar esta obra logo após o período chuvoso, entre março e abril deste ano. Infelizmente, na área pública a gente não controla o tempo. Há muita burocracia e questionamentos e a coisa não anda”, postou o prefeito.

Compartilhar no Facebook

Voluntariado Viva Vida alerta sobre recebimento de doações : 31/01/2020 17:22

O Viva Vida informou, pelo seu perfil no Facebook, que somente funcionários uniformizados e com crachá estão autorizados a receber doações em nome da entidade. Reforça ainda que não tem parceria com empresas ou entidades para recebimento de doações em seu nome.

O Viva Vida atende mais de 3 mil pacientes com câncer e presta apoio para suas famílias. Para que suas doações contribuam para este trabalho, é preciso que sejam feitas diretamente para a entidade, por meio de seus funcionários credenciados.

Para qualquer dúvida ou mais informações, ligue no 3690-2900.

Compartilhar no Facebook

Novo VTC terá parque aquático totalmente remodelado e escola de futebol : 20/01/2020 18:00

Localizado no coração da cidade, o Varginha Tênis Clube passa por mudanças que transformarão o espaço. Segundo Paulo Vítor Freire, presidente do VTC, em entrevista ao Blog do Jotinha, o parque aquático passará por completa reforma bem como todas as instalações do seu entorno.

A academia será modernizada, assim como a sauna e o salão de jogos que também passam por uma remodelação. Na parte baixa do clube, também serão reformados os quiosques, churrasqueiras, quadras de peteca e o ginásio de esportes coberto. As obras, segundo o presidente, devem ser entregues nas próximas semanas.

“Dentro de algumas semanas vamos anunciar oficialmente como será o novo VTC. Além da modernização de todo o parque aquático para nossos sócios, vamos criar uma estrutura para receber sócios da Terceira Idade para o que adequaremos todas as instalações com acessibilidade plena pois fizemos uma pesquisa e constatamos que o VTC é o clube ideal para esta vasta clientela que carece de um local central e acessível por eles utilizável”, disse o presidente.

Paulo Vítor ainda revelou uma importante conquista para o clube. Será implantada no VTC, a Escola de Futebol do Clube de Regatas Flamengo do Rio de Janeiro, que vai receber crianças e adolescentes. “Vamos ter no VTC a Escola Oficial de Futebol do Flamengo carioca que vai receber crianças e adolescentes para treinamento com instrutores do clube do Rio de Janeiro que em contraparte vai promover reformas na sua estrutura da parte baixa do VTC”, informou.

“Marcamos um gol de placa ao assinar com o Flamengo do Rio de Janeiro um contrato para que o clube sedie em Varginha, exatamente aqui no VTC, uma escola de futebol profissional para descobrir novos craques. Oferecemos a eles o ginásio de esportes interno pois temos dois, bem como todas as instalações esportivas ali existentes”, completou o presidente.

Segundo o presidente, a Escola de Futebol terá entrada oficial pela avenida Benjamin Constant e seu intuito é descobrir valores esportivos que poderão ser revelados e utilizados nas categorias de base do Flamengo ou de clubes que negociarem com o carioca. “Quem sabe se não descobrirão futuros craques aqui em Varginha?”, disse Paulo Vítor.

MAREXAER

Desde que anunciou que a competição MAREXAER terá provas disputadas em Varginha, no VTC, a Prefeitura vem recebendo duras críticas nas redes sociais, de moradores. A maior parte das reclamações envolvem a decisão de reabastecimento da piscina olímpica, que será utilizada pelos competidores da disputa, organizada pela ESA – Escola de Sargento das Armas de Três Corações, com atletas da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

Segundo o presidente do VTC, a presença de atletas das três forças de defesa do país trarão movimentação à Varginha. “Para nós varginhenses deveria ser motivo de orgulho por terem escolhido nossa cidade e precisamente o VTC para as provas de natação, pois temos a única piscina olímpica da região, que necessitam. Imaginem quanta movimentação terá a cidade com a presença de atletas das três forças de defesa do país presentes aqui”, disse.

“O VTC é utilizado pela prefeitura o ano inteiro. É em provas esportivas de natação, o ginásio de esportes e enfim todas as nossas instalações. Não cobramos nada do município em nenhum momento. E além disso, temos um cronograma a ser cumprido e a piscina maior será disponibilizada aos associados em junho, mas como os exercícios da competição dos militares tem que começar em maio, a prefeitura de forma solícita vai dar abastecer a piscina maior”, completou.

Compartilhar no Facebook

Varginha terá novo número para reclamações de Iluminação pública a partir do dia 1º de fevereiro : 14/01/2020 18:54

A Prefeitura de Varginha assinou nesta terça-feira (14) contrato com a empresa Luz Forte Iluminação e Serviços. A empresa vencedora da licitação, assume a partir do dia 1º de fevereiro, os serviços de manutenção corretiva e preventiva da rede de iluminação pública do município.

De acordo com a Prefeitura, o contrato engloba o perímetro urbano, zona rural e bairros mais afastados (antes conhecidos como Distritos), com fornecimento de materiais, equipamentos e mão de obra, para atender 17 mil pontos de iluminação pública instalados em 600 quilômetros de rua da cidade.

O contrato terá vigência por 12 meses, a contar a partir do dia 01/02/2020, podendo ser prorrogado por sucessivos períodos, nos casos e condições definidos no art. 57 da Lei nº 8.666/93, mediante Termo Aditivo, pelo período máximo 60 meses, nos termos do que dispõe o Inciso II do mesmo artigo.

Agora fique atento! A partir do dia 1º de fevereiro, se na sua rua tiver lâmpadas acesas durante o dia ou apagadas à noite, ligue 0800 033 1825 (para ligações) ou pelo Whatsapp (31) 99222-0496 ( para mensagens).

Compartilhar no Facebook

Veja como ser doador de sangue em Varginha e salve vidas : 08/01/2020 19:37

No início do ano o estoque de sangue nos bancos de sangue caem muito. Todos os dias alguém está precisando de sangue. Todos nós, a qualquer momento, poderemos necessitar de uma transfusão sanguínea.

As coletas de sangue são feitas na Policlínica Central às sextas-feiras, com agendamento prévio feito pelo telefone 3690-2297, das 7h às 11h30, ou pessoalmente. A Policlínica Central fica na R. Santa Catarina, s/n – Centro.

Doando sangue você pode salvar até quatro vidas, visto que o sangue doado é fracionado em quatro bolsas. A doação não causa nenhum prejuízo para o doador, é totalmente segura, e o sangue doado é reposto em poucos dias pelo organismo.

Para doar é preciso

Ter entre 16 e 69 anos de idade. Jovens de 16 e 17 anos só poderão doar se acompanhados do responsável legal ou portando autorização formal com assinatura e xerox do documento do responsável. Pessoas com 61 anos ou mais só poderão doar se tiverem realizado pelo menos uma doação anterior (levar comprovante no dia da doação);

Ter e estar com boa saúde;

Ter dormido bem na noite anterior à doação;

Ter se alimentado, não estar em jejum;

Pesar mais de 50 Kg;

Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;

Não ter sido exposto à situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis;

Não ter se submetido a exame de endoscopia, colonoscopia, broncoscopia, fibronasoscopia ou ortroscopia nos últimos 6 meses;

Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses e piercing nos últimos 6 meses;

Não estar grávida ou em período de amamentação;

Não apresentar ferimento ainda não cicatrizado;

Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;

Para a mulher a menstruação ou o uso de pílula anticoncepcional não impedem a doação;

O uso de medicamentos deve ser informado;

Outras condições que também podem impedir a doação serão avaliadas na triagem clínica;

Quem tomou a vacina de Febre Amarela deve aguardar 30 dias para fazer doação de sangue.

Tempo entre doações
Homens podem fazer até 4 doações no período de 1 ano com intervalo mínimo de 2 meses (60 dias) entre uma doação e outra.

Mulheres podem fazer até 3 doações no período de 1 ano com intervalo mínimo de 3 meses (90 dias) entre as doações;

É obrigatória a apresentação, no ato da doação, de documento original de identidade com foto, dentro do prazo de validade, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Trabalho, Habilitação, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista).

Compartilhar no Facebook

Varginha receberá mais de R$ 2 milhões em recursos do Pré-sal : 30/12/2019 19:44

Varginha receberá R$ 2,759 milhões do Pré-Sal. O valor deve ser pago nesta segunda-feira, 30. Os recursos são da Cessão Onerosa e são referentes à distribuição de 15% da arrecadação com os leilões dos volumes excedentes de petróleo do pré-sal, a cessão onerosa.

Os recursos são divididos entre estados e municípios e devem ser usados para o pagamento de despesas com os fundos previdenciários de servidores públicos ou para investimentos, de acordo com a Lei nº 13.885/2019.

Compartilhar no Facebook

Vereadores aprovam contratação de empréstimo de R$ 26,5 milhões para Prefeitura realizar obras : 19/12/2019 19:25

A Câmara Municipal de Varginha aprovou, por unanimidade, na noite desta quarta-feira (18), o Projeto de Lei nº 78/2019, de autoria do Executivo, que autoriza o Município a contratar empréstimo com a Caixa Econômica Federal.

O referido projeto trata-se de uma autorização para a Prefeitura contratar um empréstimo com a Caixa, no valor de R$ 26,5 milhões. De acordo com o projeto, tais recursos serão utilizados no recapeamento asfáltico de quase 100 ruas e avenidas e a execução da canalização e drenagem do córrego da Avenida Otávio Marques, nos fundos do Via Café Garden Shopping e Bairro Santa Luiza.

O empréstimo será realizado por meio da linha de crédito do programa Finisa – Financiamento para Infraestrutura e Saneamento – destinado a financiar programas de investimento com abrangência em drenagem, pavimentação de vias públicas urbanas, projetos estruturantes, obras civis em equipamentos públicos, contrapartidas, reajustes, dentre outros previstos na linha de financiamento. O valor poderá ser pago em 120 meses, com 24 meses de carência para o início do pagamento.

A discussão para aprovação do projeto foi bastante extensa e o resultado final da votação foi uma aprovação por unanimidade dos vereadores presentes.

Compartilhar no Facebook
1 2 3 4 5 6 7 8