O que você procura?

1 2 3 4 5 6 7 8 9

Prefeitura de Varginha inicia construção de ponte no bairro Santa Maria : 05/11/2019 19:25

A Prefeitura de Varginha, por meio da Secretaria de Obras e serviços Urbanos, iniciou esta semana as obras de construção de uma ponte no bairro Santa Maria, nas proximidades do Sesi. A ponte fará a interligação das Avenidas Mário Frota e Miguel Alves.

Segundo informações do vice-prefeito Vérdi Melo, trata-se de uma obra complementar para a construção de uma rotatória no bairro Santa Maria, no local onde hoje existe uma quadra. “Este é um dos compromissos da nossa administração. Com a rotatória iremos desafogar o trânsito de veículos que passam naquela localidade, vindo de diversos bairros vizinhos”, explicou o vice-prefeito

Neste primeiro momento está sendo realizado o desassoreamento do ribeirão, para a instalação de 39 aduelas de concreto que darão sustentação a ponte.

Compartilhar no Facebook

Seja você também um doador de Sangue. : 05/11/2019 19:23

No dia 25 de novembro é comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue. Todos os dias alguém está precisando de sangue. Todos nós, a qualquer momento, poderemos necessitar de uma transfusão sanguínea.

As coletas de sangue são feita na Policlínica Central às sextas-feiras, com agendamento prévio feito pelo telefone 3690-2297, das 7h às 11h30, ou pessoalmente. A Policlínica Central fica na R. Santa Catarina, s/n – Centro.

Como funciona a doação
Doando sangue você pode salvar até quatro vidas, visto que o sangue doado é fracionado em quatro bolsas.

A doação de sangue não causa nenhum prejuízo para o doador. É totalmente segura. E o sangue que você doa é reposto em poucos dias pelo seu organismo.

A doação de sangue não causa nenhum prejuízo para o doador. É totalmente segura. Não engorda e nem emagrece e nem engrossa o sangue.

A doação dura poucas horas.

Para doar é preciso
Ter entre 16 e 69 anos de idade. Jovens de 16 e 17 anos só poderão doar se acompanhados do responsável legal ou portando autorização formal com assinatura e xerox do documento do responsável. Pessoas com 61 anos ou mais só poderão doar se tiverem realizado pelo menos uma doação anterior (levar comprovante no dia da doação);
Ter e estar com boa saúde;
Ter dormido bem na noite anterior à doação;
Ter se alimentado, não estar em jejum;
Pesar mais de 50 Kg;
Não pode
Não ter tido hepatite após os 11 anos de idade;
Não ter sido exposto à situação de risco acrescido para doenças sexualmente transmissíveis;
Não ter se submetido a exame de endoscopia, colonoscopia, broncoscopia, fibronasoscopia ou ortroscopia nos últimos 6 meses;
Não ter feito tatuagem nos últimos 12 meses e piercing nos últimos 6 meses;
Não estar grávida ou em período de amamentação;
Não apresentar ferimento ainda não cicatrizado;
Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação;
Atenção
Para a mulher a menstruação ou o uso de pílula anticoncepcional não impedem a doação;
O uso de medicamentos deve ser informado;
Outras condições que também podem impedir a doação serão avaliadas na triagem clínica;
Quem tomou a vacina de Febre Amarela deve aguardar 30 dias para fazer doação de sangue.
Tempo entre doações
Homens podem fazer até 4 doações no período de 1 ano com intervalo mínimo de 2 meses (60 dias) entre uma doação e outra.
Mulheres podem fazer até 3 doações no período de 1 ano com intervalo mínimo de 3 meses (90 dias) entre as doações;
Documentos exigidos

É obrigatória a apresentação, no ato da doação, de documento original de identidade com foto, dentro do prazo de validade, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Trabalho, Habilitação, Conselho de Classe ou Certificado de Reservista).

Compartilhar no Facebook

Anna Vitória de Paula Alves é eleita Miss Varginha 2020 : 04/11/2019 20:39

O concurso Miss Varginha 2020 elegeu sua mais nova beleza. A jovem Anna Vitória de Paula Alves, de 19 anos, venceu outras 11 candidatas e disputará o Miss Minas Gerais em 2020.

A Miss Varginha é estudante de psicologia e trabalha no comércio da cidade, e claro, também atua como modelo. A jovem se interessa pelos estudos, assim como leitura e atividades físicas, também é amante de animais e pretende realizar projetos relacionados a isso.

Quem também teve motivos para comemorar foi Daphine Klivia, que ficou com o título de Vice-Miss Varginha 2020. O Miss Mirim ficou com Lavinya Pereira, e Manuella Araújo foi eleita a Miss Infantil. Já Thawany Rafaelle da Silva foi eleita a Miss Teen.

O evento que elegeu as novas vencedoras aconteceu na noite da última sexta-feira (1º) em uma casa de eventos de Varginha. A vencedora do concurso ganhou uma premiação de R$ 500 em dinheiro e contratos publicitários.

Compartilhar no Facebook

Lei de autoria da Prefeitura dá oportunidade aos proprietários de regularizarem seus imóveis : 31/10/2019 19:25

Na noite desta quarta-feira (30), foi aprovado pela Câmara Municipal de Varginha, por 13 votos a favor e um contra, o projeto que dispõe sobre a Regularização e Edificações. Objetivo é regularizar as edificações dos imóveis residenciais que encontram-se em desacordo com as Leis Municipais de uso e ocupação do solo.

Segundo o prefeito Antônio Silva, “é importante destacar a importância da regularização dos imóveis. Uma vez regularizada a edificação ou o uso instalado, pode haver o registro da casa, ou mesmo a legalidade do funcionamento da atividade comercial, a transferência por meio da venda ou doação, o acesso a financiamentos bancários para reforma ou comércio do imóvel, dentre outros benefícios”, explicou, agradecendo a parceria da Câmara.

A lei dispõe sobre a regularização das ampliações e edificações já construídas ou em fase final de acabamento, de imóveis localizados no âmbito do Município de Varginha, os quais encontram-se em desacordo com os procedimentos e legislação urbanística pertinente.

A Secretaria Municipal de Planejamento Urbano (SEPLA), fica autorizada a proceder a regularização das construções de todas as categorias de uso, desde que sejam atendidas as exigências da Lei e as condições mínimas. Confira:

I – que tenham sido concluídas ou estejam em fase final de acabamento até a data da entrada em vigor desta Lei;
II – que não causem prejuízo aos confrontantes na forma do disposto no Código Civil;
III – que apresentem condições mínimas de habitabilidade e salubridade (vãos de iluminação e ventilação em todos os cômodos e/ou aqueles cômodos de permanência eventual que possuam ventilação forçada ou mecânica e iluminação artificial);
IV – que junto ao pedido de regularização, o interessado requeira, se a fase da construção assim o exigir, a expedição de “habite-se”.

§ 1º Para fins de promoção da efetiva aprovação do Projeto, a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano – SEPLA, poderá exigir modificações ou ajustes da área a ser regularizada.
§ 2º A aprovação da regularização de que trata a presente Lei fica condicionada ao pagamento de todas as multas e taxas incidentes na espécie.

A regularização das ampliações de edificações residenciais unifamiliares concluídas, porém, em desacordo com a legislação urbanística vigente, poderá ser feita mediante os seguintes critérios:

I – com área total construída no lote igual ou inferior a 70,00m² (setenta metros quadrados), ficam isentas de multa, desde que seja comprovadamente o único imóvel do requerente;
II – com área total construída superior a 70,00m2 (setenta metros quadrados), será cobrada do proprietário multa por metro quadrado de construção irregular, conforme Anexos I e II.

Para a comprovação de que o requerente possui a propriedade de um único imóvel, deverá ser apresentada certidão emitida pelo Cartório de Registro de Imóveis.

As construções de quaisquer outras categorias de uso, quando estiverem em desacordo às restrições urbanísticas exigidas por Lei, poderão ser regularizadas desde que observados os seguintes itens:

I – pagamento de multa por metro quadrado de construção ou ampliação irregular, conforme Anexos I e II;
II – a responsabilidade civil será do(s) proprietário(s), em caso de acidente, o(s) qual(is) deverá(ão) arcar com as indenizações cabíveis;
III – que o(s) proprietário(s) apresente(m) como condição para a concessão do “Habite-se” o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – AVCB”;
IV – no processo de aprovação de Projeto das edificações citadas no caput, que não se encontrarem em fase de “habite-se”, será incorporada a ART/RRT quitada referente à elaboração do Projeto do Sistema de Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico e cópia do protocolo de entrada do Projeto junto ao Corpo de Bombeiros, conforme estabelecido no Decreto Estadual nº 44.270/2006, quando for o caso.

Ficam isentos da exigência prevista no inciso III e IV, os imóveis com até 03 (três) pavimentos e com área construída de até 750m² (setecentos e cinquenta metros quadrados).

Para a regularização das ampliações e edificações de quaisquer categorias de uso e metragem de área construída irregularmente, o Projeto deverá ser registrado no CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) e/ou CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo) e protocolado perante a Prefeitura.

Para que seja protocolado o requerimento a que se refere este artigo, deverão ser apresentados no ato de abertura do mesmo os seguintes documentos:

I – cópia do título de propriedade do terreno, ou cópia do contrato de Compra e Venda com firma reconhecida ou comprovação de autenticidade da assinatura, e cópia do registro atualizado do imóvel;

a) a comprovação de autenticidade se dará por verificação de cópia de documento oficial com foto que permita análise da assinatura pelo servidor competente.

II – no mínimo, duas cópias do Projeto arquitetônico completo, acompanhado pela anotação ou relatório de responsabilidade técnica emitido pelo CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) e/ou CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), contendo planta, 2 (dois) cortes, fachada, locação, cobertura, fechamento de quadril, memorial de cálculo de áreas, memorial descritivo e respectivos arquivos em CAD com extensão .dwg;
III – foto(s) impressa(s) em boa resolução e em quantidade necessária que permitam a identificação da(s) área(s) construída(s) a ser(em) regularizada(s).
IV – cópias do laudo de Vistoria Técnica da edificação e de sua respectiva ART/RRT devidamente quitada;
V – requerimento padrão, conforme Anexo IV, devidamente preenchido, assinado pelo proprietário da obra.

No Projeto de arquitetura deverá constar o selo padronizado e no campo “Identificação da Obra”, o título “Regularização”, assim como o número desta Lei.

Atenção: excetuam-se de regularização prevista nesta Lei, as invasões em áreas “non aedificandi”, de domínio público e as obras que estejam sendo discutidas judicialmente, salvo sob determinação judicial.

O prazo de vigência da Lei para protocolo de requerimentos é de 60 dias corridos, contados a partir da data de sua publicação. Os processos de regularização protocolados após o prazo de vigência estabelecido serão sumariamente indeferidos.

Indeferido o Projeto apresentado, o requerente terá 60 dias corridos para corrigir a irregularidade, sob pena de perda do direito dos benefícios desta Lei.

O indeferimento previsto no parágrafo anterior será divulgado no site oficial do Município, através do serviço “Acompanhamento Processual”, cabendo ao proprietário e/ou ao responsável técnico realizar o acompanhamento sob pena de perda do prazo.

Para a correção do Projeto de que trata o § 2º, não poderão ser inseridas, em hipótese alguma, áreas diversas do requerimento/Projeto inicial.

As multas serão aplicadas para cada infração em separado, com base na somatória das irregularidades, conforme Anexos I e II, devendo a regularização ser efetivada após os respectivos pagamentos.

I – a falta do pagamento da multa aplicada dentro do prazo de vencimento implicará em indeferimento e, consequentemente, no cancelamento do processo de regularização.

Aprovado o Projeto, deverão ser expedidas as multas previstas no “caput” com vencimento para até 30 (trinta) dias.

Após o pagamento das multas devidas, serão expedidos o Alvará de Regularização cabível, bem como o Habite-se do imóvel, quando for o caso.

A Administração Municipal manterá permanentes campanhas de conscientização da população, através da mídia, sobre a obrigatoriedade de construir, reformar ou ampliar edificações somente com prévia autorização da Prefeitura.

Nas campanhas referidas no caput deste artigo, deverá a Administração informar as punições advindas do descumprimento da legislação municipal.

A Administração deverá ainda divulgar os termos da presente Lei, de modo a dar publicidade de seu conteúdo e prazo.

Fonte e foto: Prefeitura de Varginha

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook

Secretaria de Saúde de Varginha desmente surto de Meningite na cidade : 29/10/2019 19:23

A Secretaria Municipal de Saúde de Varginha, através do Setor de Epidemiologia, desmentiu que esteja ocorrendo surto de Meningite na cidade, como vem sendo veiculado há alguns dias pelas rede sociais.

Segundo a secretaria, “no mês de outubro, ocorreram dois óbitos confirmados para meningite. Em ambos os casos o atendimento foi rápido, onde os pacientes receberam os atendimentos necessários, porém apesar de todo o atendimento prestados, infelizmente os pacientes evoluíram a óbito”, informou em nota.

“Diante da ocorrência dos casos, a equipe de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde adotou medidas profiláticas, de prevenção e controle da doença, junto aos familiares e locais frequentados de forma contínua pelos pacientes. Reforçamos que o caso ocorrido no dia 22/10 o Agente Etiológico (causador da doença) não faz parte do grupo de doença meningocócica, responsáveis por epidemias e surtos, não necessitando de medidas profiláticas. Reforçamos que tais medidas seguem as Normas e Protocolos do Ministério da Saúde – MS e Secretaria Estadual de Saúde – SES, que preconiza ações de prevenção, enfatizando as orientações para os familiares sobre a doença, o seu controle e formas de transmissão”, completou a nota divulgada nesta terça-feira (29).

Em 2018

No ano de 2018, 23 casos da doença foram confirmados em Varginha, por vários agentes, não apenas a doença meningocócica. No “Brasil, a doença meningocócica é endêmica, com ocorrência de surtos esporádicos.

Em relação à administração de vacinas, somente é indicada em casos de epidemia e surtos da Meningite meningocócica, o que não ocorreu em Varginha.

Recomendações Gerais

Procurar os serviços de saúde UPA e Pronto Atendimento sempre que apresentarem sintomas como: dor de cabeça, vômitos, febre alta, rigidez de nuca (pescoço endurecido), manchas no corpo.
Não tomar medicamento sem prescrição médica, principalmente antibiótico;
Notificar os casos suspeitos, para o Setor de Epidemiologia.
Colocar o calendário de vacina em dia, principalmente da criança.
Nota

“A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, rotineiramente está monitorando todos os casos das Doenças de Notificação compulsória, inclusive as meningites. Todos os serviços de Saúde, hospitais e principalmente os PA e UPA, estão em alerta para o diagnóstico dos casos graves da doença, e notificação imediata, conforme preconiza o MS/SES. A desinformação e o crédito nas Redes Sociais, acaba por desencadear pânico nas pessoas, serviço, escolas e outras instituições, pela rápida disseminação e distorção dos fatos”.

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde / Foto: Maria Helena Varella Bruna

Compartilhar no Facebook

Filme realizado pelo Offcine de Varginha ganha prêmio no 7 Cinest : 28/10/2019 20:41

Os alunos de cinema do projeto Offcine de 2018 tem tudo para comemorar, o filme Juras, produzido por eles ano passado acaba de ganhar prêmio de MELHOR DIREÇÃO DE ARTE na 7 edição do Cinest e também é selecionado para o 5 FECEA- dois festivais internacionais de cinema estudantil que acontece no Sul do País.

O CINEST é um Festival de Cinema Estudantil, que aconteceu no RS , numa competição de mais de 130 filmes do mundo inteiro. Juras, filme produzido através do projeto OFFCINE, levou o prêmio de MELHOR DIREÇÃO DE ARTE. Quem ministrou a oficina de de direção de arte foi Zé Pedro Baroni que ficou imensamente feliz com a notícia: “É gratificante ver que o trabalho desempenhado pelos alunos do Offcine foi coroado com um prêmio de Direção de Arte, oficina da qual que tive a oportunidade de ministrar no projeto. A cada edição do projeto é possível ver a transformação concretizada e a mudança na realidade dos alunos.Que no ano que vem, possamos continuar a história de sucesso do Offcine e que venham ainda mais conquistas. Porque é projeto social que tem levado o nome de Varginha mundo a fora.”

E as alegrias não param por aí, neste final de semana saiu a lista dos selecionados para participar do 5 FECEA, festival que acontecerá em Porto Alegre, na última semana de novembro. Entre mais de 1396 filmes, está Juras que levará o nome de Varginha mais uma vez ao Su do país entre os 270 filmes selecionados.

Na 5ª edição, o FECEA segue primando pela valorização do protagonismo estudantil e do olhar pedagógico na avaliação das produções cinematográficas, e se firma como festival estudantil internacional. Além das temáticas consolidadas, como o Prêmio Sirmar Antunes pelo Protagonismo Negro, para o incentivo das abordagens afrodescendentes, o Prêmio Marielle Franco pelo Protagonismo Feminino, temáticas da educomunicação que tratem da produção de conteúdos educativos no espaço escolar, democratização das mídias; e práticas epistemológicas e experimentais de conceitos sócio-educativos e da educação ambiental no contexto escolar.

Marina Azze a realizadora do Offcine está com o coração em festa! “É muito difícil fazer cinema neste país, ainda mais no interior. O Offcine, faz a gente sair dos holofotes e trabalhar duro para que outras pessoas brilhem. Alunos que precisam lutar muito pra acompanhar as aulas. Pra dar conta de driblar a rotina estudantil, de trabalho e ainda ouvir de arte. Os cursos são intensos. Os alunos se dedicam demais, driblando suas poucas horas vagas em busca de conhecimento. Os professores dividem com eles experiências de anos, ensinam os meninos a fazerem seus próprios filmes. Independente de dinheiro. Do projeto já saíram diretores, produtores, editores que hoje brilham no mercado nacional de cinema. Juras já emplacou prêmio de atuação, prêmio de juri popular, Direção de arte… Mas seu maior prêmio, é provar que nossa cidade precisa garantir o espaço da sétima arte. Investir, acreditar e facilitar o processo de conhecimento dessas pessoas que se doam completamente para que os filmes consigam ser realizados.”

O Offcine além da produção de filme realizado pelos alunos, que passaram meses nas salas de aula aprendendo todas as etapas do cinema, traz o maior festival de cinema independente do país, a realizadora e atriz Marina Azze conta com o incentivo da Lei Muncipal de Cultura e apoio da Unimed Varginha e Inter aduaneira. O festival, segue com parceria de Daniela Foresti, Hotel Fenix, Benfazejo Hostel, Lokomotiv, Secretaria de Turismo de Vga, Hasta Siempre Pub, Varginha Larger e MAZ.

Fonte e foto: Marina Azze

Compartilhar no Facebook

Moradores encontram escorpiões em vários bairros de Varginha : 28/10/2019 20:39

Um morador chegou a encontrar 11 escorpiões na sua casa.
As altas temperaturas combinadas com o período de chuva criam um ambiente perfeito para proliferação dos escorpiões. Em Varginha há registros de aparecimento de escorpiões em vários bairros, como Barcelona, Treviso, Cruzeiro do Sul, Sion e Santa Maria.

Um morador do bairro Treviso, que preferiu não se identificar, encontrou na quinta e sexta (25 e 26) 11 escorpiões em casa. Segundo ele os profissionais do Setor de Zoonoses levaram os animais.

Escorpiões encontrados no bairro Treviso.
Já Lilian Moreira, 43 anos, balconista de padaria e moradora do bairro Cruzeiro do Sul, encontrou uma família inteira de escorpiões no ralo de casa, na manhã de domingo, 27. “Logo que achamos meu marido jogou veneno nos ralos de toda a casa, para evitar que aparecessem mais”, conta ela.

Escorpiões encontrados na casa de Lilian.
Em setembro um menino de sete anos foi picado por um escorpião em Poço Fundo e faleceu. Veja a matéria completa aqui.

Segundo as regionais de saúde, foram 720 registros de acidentes com escorpiões entre janeiro e junho do ano passado, contra 829 no mesmo período deste ano. Varginha foi a regional com mais casos, 265. Depois aparece Passos, com 216 registros. Em Pouso Alegre, foram 176. E na regional de Alfenas, foram 172.

Os animais peçonhentos, como os escorpiões, estão cada vez mais presentes no meio urbano. Eles se adaptaram ao ambiente do homem.

Por isso é preciso que toda a população saiba quais medidas adotar para evitar acidentes e mortes por envenenamento.

Não é indicado a aplicação de veneno. Além de não eliminar o escorpião, o veneno por fazer que com que ele saia de seu abrigo e cause acidentes.

Os escorpiões que habitam o meio urbano se alimentam principalmente de baratas, portanto são comuns também em locais próximos a áreas com acúmulo de lixo. A adoção de hábitos simples é fundamental para prevenir acidentes.

Prevenção
Atitudes do dia a dia ajudam a manter o escorpião longe da sua casa:

Manter limpos os quintais, não acumulando folhas secas, lixo e entulhos.
Remanejar periodicamente materiais de construção armazenados, usando luvas de raspa de couro para proteger as mãos.
Colocar o lixo em sacos plásticos fechados para evitar baratas e outros insetos.
Conservar camas e berços afastados, no mínimo, 10 cm da parede.
Evitar que lençóis toquem o chão.
Não pendurar roupas na parede.
Verificar cuidadosamente calçados, roupas, toalhas e roupas de cama antes de usá-las.
Limpar periodicamente ralos de banheiro, cozinhas e caixas de gordura.
Rebocar frestas nas paredes, móveis e rodapés para que não apresentem vãos.
Proteger os predadores naturais dos escorpiões, como calangos, lagartixas, lacraias, corujas, sapos, macacos e galinhas.
Usar telas nas aberturas dos ralos, pias e tanques.
Na zona rural, manter limpas as áreas ao redor das residências, não deixando nem acumulando lenha e outros materiais que possam servir de abrigo para os escorpiões.
O que fazer em caso de acidente?
A recomendação é ir imediatamente ao hospital. Se possível, levar o animal ou uma foto para identificação da espécie, permitindo assim uma avaliação mais eficaz sobre a gravidade do acidente.

O que fazer ao encontrar um escorpião
Comunique e solicite o Setor de Zoonoses pelo telefone 3690-2276, uma vistoria para receber outras orientações.

Combate ao escorpião em Varginha
A equipe de busca e captura de escorpiões de Varginha trabalha diariamente no cemitério municipal, recolhendo escorpiões com a finalidade de controlar a população de animais na cidade. A medida evita a médio/longo prazo um alto índice de aparecimentos e acidentes com escorpiões.

Os animais recolhidos vivos são encaminhado para a Fundação Ezequiel Dias-FUNED-BH para extração do soro antiescorpiônico.

Por Raquel Cristina -28 Outubro, 2019
Varginha Digital

Compartilhar no Facebook

Prefeitura de Varginha entrega obras de revitalização da quadra Escola Matheus Tavares : 24/10/2019 21:20

A prefeitura de Varginha por meio da Secretaria Municipal de Educação, entregou nesta quinta-feira (24), as obras de revitalização e cobertura da quadra da Escola Municipal Matheus Tavares.

Visando proporcionar melhores condições de conforto e segurança para os alunos da escola, a reforma da quadra contemplou a construção da cobertura e pintura da quadra poliesportiva com a pintura interna e externa, revisão na parte hidráulica e elétrica, reforma do parquinho infantil e dos dois pátios com pinturas artísticas, ampliação de alguns espaços da unidade para maior funcionalidade escolar, criação do cantinho da pintura, revitalização do refeitório com nova iluminação e artes, restauração das grades e telas quebradas de isolamento para maior segurança dos alunos, troca de portas e fechaduras, manutenção e revitalização dos jardins, pintura dos muros e reforma do passeio.

“Fizemos tudo com muito carinho para atender aos nossos alunos”, disse a secretária de Educação Rosana Carvalho. Parafraseando Carlos Drummond de Andrade, o vice-prefeito Vérdi Melo citou o poema “No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”, referindo-se aos problemas encontrados ao assumirem a administração em 2013 que com garra, vontade e planejamento conseguiram superar. “Tudo isso passou e agora vivemos um novo tempo; sob a batuta do prefeito Antônio Silva conseguimos superar os desafios. A prefeitura está com suas contas equilibradas, os pagamentos de servidores e prestadores de serviço estão em dia. Conseguimos com o pouco fazer muito, tudo isso graças ao prefeito”, disse Vérdi.

“Quando assumimos a prefeitura assumimos também a meta de transformar a nossa educação em referência Brasil o Brasil. E quando participamos de uma inauguração, por mais singela que seja, ficamos felizes e agradecidos a Deus que sempre colocamos a frente do nosso trabalho”, disse o prefeito Antônio Silva que agradeceu mais uma vez a equipe da Seduc pelo trabalho que vem desenvolvendo.

A solenidade contou com a presença do presidente da Câmara de Varginha, vereador Dudu Ottoni, da vereadora Zilda Silva, da secretária de Educação, Rosana Carvalho e de do secretário de Esporte, Henrique Lemes.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook

Duplicação do trecho Varginha/Fernão Dias fora do Catálogo de Obras do Estado : 23/10/2019 20:58

O governador Romeu Zema reuniu a imprensa nesta segunda-feira (14), na Cidade Administrativa, para anunciar o “Catálogo de Obras”, consideradas por ele como prioritárias. Nestas obras inacabadas devem ser alocados recursos de emendas de deputados estaduais e federais.

A finalização da duplicação da BR-491, trecho entre Varginha ao trevo da Fernão Dias, não consta do documento, apesar do intenso movimento diário de veículos. Apenas parte da obra foi liberada em dezembro de 2018, a segunda pista ligando a Ponte sobre o Rio Palmela ao trevo, faltando o asfaltamento da pista antiga. Falta ainda a duplicação de todo o trecho ligando Varginha ao Rio Palmela.

Estão previstas cinco intervenções no Sul de Minas: uma em Andradas, uma em Cordislândia, duas em Jacutinga e uma em Poços de Caldas.

A publicação apresenta 65 obras nas áreas de Infraestrutura Viária, Saúde, Educação, Infraestrutura Urbana e Segurança Pública, e totaliza mais de R$ 740 milhões em investimentos. O material foi apresentado a deputados estaduais mineiros. Na semana passada, o governador esteve em Brasília e entregou o documento à bancada federal de Minas.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook

Cartão Vip será sorteado durante campanha de reativação do aplicativo Meu Buse : 22/10/2019 19:28

No período de 1º à 30 de novembro, a Turilessa Ltda, concessionária do serviço público de transporte coletivo em Varginha, estará realizando campanha de reativação do aplicativo Meu Buse, quando será realizado o sorteio de um cartão Vip.

O cartão tem como objetivo substituir o antigo Autopass, já conhecido pelos usuários de transporte coletivo e fornecido pela empresa Autotrans. O nome Buse. é a junção das palavras Bus e Use.

Serão 5 tipos de cartões, sendo os 4 mais usados os de Estudante (para alunos de escolas e faculdades), o Cidadão (fornecido para pessoa física), o Sênior (maiores de 65 anos) e o Vale Transporte (fornecido para pessoas jurídicas). Os lançamentos já aconteceram nas cidades de Itaúna, Varginha e Lavras, mas breve o Buse também estará disponível nas cidades de Ipatinga e Timóteo.

O Buse não é somente um cartão, ele traz benefícios aos usuários. Alguns serviços que serão lançados futuramente são Buse.Delivery onde a pessoa solicitará o cartão pelo site e receberá em casa, Buse.Pay para recargas On-line feita no sitewww.meubuse.com.br que substitui o antigo www.meuautopass.com.br. O novo cartão também terá o Buse.Wi-fi que funcionará em conjunto com o programa Ecobonuz. Lançamos ainda o Buse.App, aplicativo que informará em tempo real a localização dos ônibus, também mostrará os horários e itinerários.

Ressaltamos que não será obrigatório para o cliente realizar a troca do cartão, o Autopass funcionará normalmente.

Fonte e foto: Prefeitura de Varginha

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook

Baixo volume do Rio Verde preocupa moradores e comerciantes de Varginha, MG : 22/10/2019 19:17

O baixo nível no Rio Verde tem preocupado moradores e comerciantes de Varginha (MG), que dizem que o volume de água baixou repentinamente. A rio corta cidades do Sul de Minas e é usado também na geração de energia na região.

“Em 2014, a água estava muito baixa, estava bem na margem, mas dessa vez é inacreditável. E a gente fotografa aqui, faz um trabalho ecológico, chama a atenção das pessoas para isso. Mas dessa vez é assustador”, diz o fotógrafo e professor Rodrigo Naves.

A empresária Regina Trolezi também convive com o Rio Verde diariamente há 20 anos. Ela contou que o rio baixou rapidamente, em menos de uma semana. A mudança já começar a afetar os negócios.

“O pessoal que aparece fala ‘nossa, como sumiu a água, eu vim aqui há poucos dias e tinha tanta água, agora a água sumiu”, conta.

O comerciante Willian Douglas Bueno Boechat fez imagens aéreas do percurso. Elas mostram um braço do rio em Varginha completamente seco, cheio de pedras. Ele suspeita que nível o baixou por causa de uma maior abertura das comportas para a geração de energia elétrica.

“Faz mais de 20 anos que eu desço de caiaque nesse rio, então eu conheço o rio toda época do ano, na seca, na enchente, eu conheço. Não é normal igual está agora. Então a gente percebeu que tinha uma coisa errada. Aí hora que a gente foi ver, não tinha mais a comporta da barragem”, afirma.

Em nota, a CPFL Renováveis, que administra a Pequena Central Hidrelétrica Boa Vista 2, responsável por gerar energia no local, afirmou que não realizou procedimentos que impactasse na vazão do rio em Varginha e que o barramento citado não é responsabilidade da empresa.

Leia a nota na íntegra:

A CPFL Renováveis, responsável pela PCH Boa Vista 2, informa que não houve nenhum procedimento, realizado pela empresa, que impactasse na vazão do Rio Verde, em Varginha/MG.

A empresa reitera que a manobra ocorrida no município foi realizada por outro barramento, que não pertence à CPFL Renováveis, e está localizado acima do reservatório da PCH Boa Vista 2. A operação da usina segue todas as determinações regulatórias e legislação vigentes.

https://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2019/10/21/baixo-volume-do-rio-verde-preocupa-moradores-e-comerciantes-de-varginha-mg.ghtml

Compartilhar no Facebook

‘Adote um amor’ – Campanha promove adoção responsável em Varginha : 21/10/2019 21:38

O Canil Municipal promove a adoção responsável como uma alternativa para diminuir a população de cães e gatos em situação de rua. Além disso, também é uma forma de se fazer o bem.

A adoção dá a oportunidade dos bichinhos crescerem felizes e rodeados de amor. O Canil Municipal, da Prefeitura de Varginha, tem vários bichinhos ansiosos por um lar. E a melhor parte, os bichinhos estão com a saúde em dia: vacinados, castrados, vermifugados e microchipados.

Para saber mais sobre a adoção responsável, fale com o setor de Bem-Estar Animal da Prefeitura de Varginha.

O Setor de Bem-Estar animal fica na avenida dos Imigrantes, 3758. O telefone é 3690-2276.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura de Varginha lança programa de Regularização Fiscal – REFIS 2019 : 18/10/2019 19:28

Projeto de autoria da Prefeitura de Varginha aprovado pela Câmara, institui o Programa de Regularização Fiscal – REFIS, que conceder descontos para pagamento de créditos em favor do município.

Por meio do Programa, os débitos de natureza tributária e não tributária, inscritos ou não em dívida ativa, ajuizados ou não, inclusive objeto de parcelamento, cujo fato gerador tenha ocorrido até 31 de dezembro de 2018, em qualquer fase de cobrança, poderão ser pagos com desconto de 100% do valor da multa moratória e dos juros de mora, desde que efetuado o pagamento em prestação única, até o dia 27 de dezembro de 2019.

O benefício previsto neste artigo alcança, exclusivamente, os pagamentos efetuados à vista por meio do respectivo boleto bancário. Para os débitos que se acham com parcelamento em curso, o desconto incidirá exclusivamente sobre os juros e a multa remanescentes no saldo de parcelamento.

Os débitos que sobrarem da aplicação dos termos desta Lei deverão continuar parcelados, cabendo ao contribuinte a sua liquidação, sob pena de rescisão e providências legais cabíveis.

Na hipótese de débito ajuizado ou em cobrança em cartório de protesto, fica o devedor obrigado ao pagamento das custas judiciais, dos honorários advocatícios sucumbenciais, conforme fixado em Lei, dos emolumentos cartorários, bem como dos demais encargos decorrentes do procedimento judicial e extrajudicial.

O disposto na Lei não se aplica aos atos praticados com dolo, fraude ou simulação pelo sujeito passivo ou por terceiro em benefício daquele.

Aplica-se o disposto nesta Lei aos casos de falta de recolhimento de tributo retido pelo contribuinte substituto, na forma da legislação pertinente, porém, com desconto de 50% (cinquenta por cento) do valor da multa moratória e dos juros de mora.

A fruição dos descontos previstos nesta Lei não confere direito à restituição ou compensação de quaisquer importâncias já pagas ou compensadas a qualquer título e em qualquer tempo.

Durante a vigência e aplicação dos benefícios fiscais previstos nesta Lei e exclusivamente pelo período nela previsto, fica a Procuradoria Geral do Município - PGM, autorizada a requerer o sobrestamento das execuções fiscais em curso, nos casos cabíveis.

Compartilhar no Facebook

VEREADOR PROPÕE RETOMADA DO HORTO FLORESTAL NO PARQUE SÃO FRANCISCO : 17/10/2019 19:46

Uma indicação apresentada pelo vereador Dr. Fernando Guedes, durante sessão ordinária da Câmara Municipal de Varginha, propõe a retomada do projeto Horto Florestal, com incubadoras de mudas e plantas diversas, no Parque São Francisco.

De acordo com o vereador, no ano de 2010, o programa funcionava no parque municipal e tinha como objetivo o cultivo, doação e venda de mudas de café, plantas ornamentais, árvores frutíferas e nativas da região, dentre outras, para pequenos agricultores e munícipes que desejassem realizar o plantio das mudas em suas propriedades.

“Estive com alguns pequenos produtores e munícipes que reivindicaram o retorno desse projeto que, inclusive, já havia sido motivo de uma indicação que apresentei em 2011. Reforço meu pedido, pois acredito que com essa iniciativa será possível melhorar a arborização na nossa cidade e incentivar a preservação ambiental entre os munícipes. Além disso, os pequenos produtores rurais poderão melhorar suas lavouras de café com as mudas produzidas no parque”, justificou.

Dr. Guedes sugeriu, ainda, que o Parque São Francisco seja utilizado como projeto piloto, podendo posteriormente ser ampliado para os demais parques florestais do município.

Compartilhar no Facebook

Praça da Igreja do Mártir São Sebastião é revitalizada : 17/10/2019 19:45

A Praça Major Domingos Carvalho, em frente a Igreja no Mártir São Sebastião, no Centro de Varginha foi recentemente revitalizada pela prefeitura. O espaço ganhou Academia de Rua, iluminação mais eficiente e câmeras de monitoramento. Foram realizadas ainda podas das árvores, troca do piso, pintura de meio fio e sinalização horizontal e vertical.

A solenidade de entrega das obras que aconteceu na manhã do último sábado (12), também foi marcada pela instalação do projeto “A Praça é Nossa” da Polícia Militar. Seu objetivo é melhorar as relações entre vizinhos, despertar a consciência solidária e incentivar a vigilância informal, garantindo a segurança pessoal e patrimonial através de pequenas mudanças de comportamento e compartilhamento de informações sobre segurança.

O prefeito Antônio Silva falou da importância da revitalização da praça. “Solenidade como esta, em que respondemos a comunidade com resultados, são muito satisfatórias. Transformar esta praça em um local mais seguro e bonito aos olhos da população foi um marco para nossa administração. Quero aqui agradecer a Polícia Militar, na pessoa do Tenente Lombardi, que sempre esteve parceria da prefeitura, prezando pela segurança de nossos moradores, com o projeto A Praça é Nossa”.

O vice-prefeito Vérdi Melo também esteve presente na solenidade. “Acompanhamos de perto todas as negociações, ouvimos os pedidos dos moradores durante reuniões realizadas no salão da igreja, e hoje estamos gratificados em ver a satisfação em cada rosto”, disse Vérdi.

Para a Polícia Militar, a ação conjunta da Polícia Militar, representada pela 55° Cia PM/24° BPM, Prefeitura Municipal e comunidade da Paróquia do Mártir São Sebastião, irá gerar um aumento da sensação de segurança e consequentemente a melhora da qualidade de vida no que diz respeito à segurança pública.

A inauguração foi comemorada com a presença da banda da Polícia Militar, pula pula para as crianças, além da distribuição de pipoca e algodão doce.

Compartilhar no Facebook

Projeto de Lei aprovado na Câmara proíbe a utilização de canudos plásticos em Varginha : 17/10/2019 19:32

Foi aprovado no início desta semana, na Câmara Municipal, um Projeto de Lei que pretende acabar com o uso de canudos plásticos em bares, restaurantes e comércios do município. A proposta de autoria dos vereadores Dr. Cláudio Abreu, Dr. Fernando Guedes e Dr. Alencar Faleiros é para que seja definitivamente proibida a fabricação, utilização, distribuição ou comercialização de canudos feitos de polipropileno, poliestireno ou qualquer outro material que não seja biodegradável e ecologicamente sustentável.

Segundo o texto do Projeto de Lei nº 29/2019, que tramitava na Casa desde o mês de julho, os estabelecimentos comerciais deverão oferecer a seus clientes canudos feitos de papel reciclável, material comestível ou biodegradável e deverão, ainda, ser embalados individualmente em envelopes hermeticamente fechados e produzidos do mesmo material.

Para Dr. Alencar, a proibição do uso dos canudinhos, é apenas o primeiro passo para que a sociedade comece a repensar alguns hábitos e comece a encontrar alternativas para o consumo consciente.

“Nosso objetivo como esse projeto é despertar na nossa população, principalmente entre as crianças e jovens, a importância de se discutir e colocar em prática novas formas de contribuir para a preservação do meio ambiente. A partir dessa iniciativa, poderemos também expandir a restrição para outros itens, como sacolas e copos plásticos, que hoje também são um grande problema. Precisamos estar cientes de que se não cuidarmos de nosso planeta, as futuras gerações acabarão sofrendo as consequências por conta desses atos”, justificou o parlamentar.

O projeto aprovado foi encaminhado ao prefeito Antônio Silva para que seja sancionado ou vetado. A Lei será regulamentada pelo Executivo no prazo de seis meses e entrará em vigor no prazo de um ano após sua publicação.

Compartilhar no Facebook

Biblioteca Municipal realiza exposição em homenagem aos Irmãos Grimm : 17/10/2019 09:48

Biblioteca Municipal realiza exposição em homenagem aos Irmãos Grimm
TV Princesa Varginha-MG

https://www.youtube.com/watch?v=8DwMuSlNd3s

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook

Prefeitura envia projeto de lei para regularização de imóveis em Varginha : 17/10/2019 09:08

Prefeitura envia projeto de lei para regularização de imóveis em Varginha
TV Princesa Varginha-MG

https://www.youtube.com/watch?v=aHW1VD5n0f8

Compartilhar no Facebook

Sistema desenvolvido no CEFET Varginha facilita o processo de ensino-aprendizagem : 16/10/2019 19:52

Dados sobre o processo de ensino e aprendizagem, especialmente no ensino médio, revelam situações preocupantes: sete a cada 10 dos alunos que concluem esse nível de ensino no Brasil têm conhecimento insuficiente em português e matemática. E cerca de 2,2 milhões de adolescentes (28%) dos matriculados nesse ciclo estão em distorção idade-série, ou seja, já repetiram de ano. Esses são os dados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb- MEC) e do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), respectivamente.

Fatores negativos como esses motivaram a criação de um sistema on-line que pesquisa entre os alunos, em tempo real, a compreensão dos conteúdos ministrados durante as aulas pelo professor. Trata-se do JustChoice: um sistema de votação online para acompanhamento de desempenho de enquetes, desenvolvido pelo professor Weider Rodrigues, do departamento de Computação e Engenharia Civil do CEFEET-MG em Varginha.

A estratégia dessa ferramenta é, basicamente, acompanhar o desempenho das turmas e mostrar para o docente, em tempo real, se um assunto merece ser revisado, reensinado ou até mesmo lecionado a partir de outra metodologia. E quem dá esse retorno são os próprios alunos, que podem responder anonimamente e sem constrangimento por meio do sistema, que facilita, inclusive, a interação entre o professor e os alunos e também entre alunos e alunos, destaca o autor da pesquisa.

A interface desse sistema on-line é simples: trata-se de uma página web compatível para ser usada em qualquer navegador de celular, independente do sistema operacional. A pesquisa é respondida via aparelho móvel conectado em uma sessão criada e disponibilizada pelo professor.

O professor pode disparar rapidamente, via seu celular, perguntas, selecionando o tipo de respostas que ele pode ter (sim ou não, alternativas etc), sem que seja necessário realizar um cadastro da pergunta, somente escolhendo o tipo de resposta para que seja rápido. O professor configura também um tempo para o aluno responder e a enquete finaliza quando todos alunos respondem ou o tempo termina, explica.

O projeto, além de auxiliar no processo de ensino-aprendizagem, promete gerar economia de papel e agilidade. Este projeto não exige folhas impressas com padrões de respostas. Além disso, o tempo de cadastro de perguntas é muito reduzido, pois o professor realiza oralmente a pergunta e disponibiliza o padrão de respostas e, imediatamente, os alunos podem contribuir com a enquete, finaliza.

A ferramenta, fruto da pesquisa, será acessível a partir de uma página de internet, logo que a primeira versão ficar disponível e hospedada em um servidor. O trabalho final vai ser apresentado durante a 15ª Semana de Ciência e Tecnologia, que acontece em todos os campi do CEFET-MG entre os dias 21 e 26 de outubro.

Compartilhar no Facebook

Prefeito empossa novos membros do Conselho do Patrimônio Cultural : 16/10/2019 19:48

O prefeito Antônio Silva empossou, na tarde desta terça-feira (15/10), os novos integrantes do Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Cultural de Varginha – CODEPAC. São sete membros efetivos e sete membros suplentes nomeados pela Portaria nº 15.878, de 16/09/2019.

O Conselho Deliberativo Municipal do Patrimônio Cultural de Varginha, instituído pelo Decreto Municipal nº 2.142/97 de 09 de outubro de 1997, é um órgão consultivo de assessoria do Executivo Municipal nas questões de preservação do patrimônio cultural do município.

Os trabalhos desenvolvidos pelos membros do Conselho Deliberativo serão considerados serviços públicos relevantes, não sendo, portanto, remunerados. O mandato é de dois anos.

De acordo com o estatuto do Conselho, o Codepac deve contar com representação equilibrada do poder público, e de entidades e instituições representativas da sociedade civil, com conhecimentos gerais da matéria, nas áreas de História, Sociologia, Comunicação Social, Direito, Antropologia, Arqueologia, Arquitetura, Urbanismo, Artes Plásticas e Artísticas nas áreas de teatro, música e dança.

O Codepac passa a ser formado pelos seguintes membros titulares:

• Adão Marcos Misael
• Adimar Rezende Lages
• Cláudio Henrique Martins
• Danielle de Souza Guimarães
• Gilberto Reis Jordão
• Gustavo Uchoas Guimarães
• José Manoel Magalhães Ferreira

E pelos membros suplentes:

• Andreia Heloise de Souza
• Apoliano de Jesus Rios
• Carlos Sérgio de Melo Cornwall
• Cassiano Alves Maçaneiro
• Lindon Lopes da Silva
• Marystella Soares Botelho de Moura
• Nyei Nadeia

Compartilhar no Facebook

Vida Viva recebe Moção de Aplauso na Câmara de Varginha : 16/10/2019 19:45

Na última segunda-feira (14), a Associação do Voluntariado de Varginha Vida Viva recebeu Moção de Aplauso na Câmara de Vereadores, pelos inestimáveis trabalhos realizados em prol dos pacientes oncológicos da cidade e de todo o Sul de Minas. Proposta foi indicada pelo presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni.

Em sua justificativa, Dudu ressaltou que “a moção foi uma forma de tornar público o reconhecimento desta casa legislativa aos relevantes trabalhos desenvolvidos pela Associação Vida Viva, que levam esperança e amparo aos pacientes e seus familiares, contribuindo para que tenham uma melhor qualidade de vida durante o tratamento contra o câncer”, disse.

Para a vice-presidente da associação e presidente fundadora, Meryvone Mansur Bíscaro, “há 24 anos, no dia 22 de julho, nós escrevemos o Vida Viva. Nosso principal objetivo é dar amor e carinho e receber os pacientes com dignidade e alegria. Fazemos de tudo para que o paciente se sinta bem e protegido”, disse.

"Essa moção representa pra nós um grande marco, porque é um reconhecimento da Câmara, por todos esses serviços prestados por todos esses anos e nós estamos nos atualizando. Nós estamos batalhando todos os dias para modernizar e estar dentro das leis, mas esse reconhecimento deu um impulso muito grande no Vida Viva”, concluiu.

Sobre a Vida Viva

Foi fundada em Varginha, em 22 de julho de 1996, por Lígia Inês Braga Reis e Meryvone Mansur Biscaro. Presta atendimento à aproximadamente 3.000 pacientes oncológicos de Varginha e de mais 202 municípios, que fazem tratamento no Hospital Bom Pastor. São 200 voluntárias envolvidas na associação.

A entidade possui títulos de utilidade Pública Municipal, Estadual e Federal. Sua missão é promover gratuitamente o atendimento assistencial aos pacientes oncológicos, de todas as faixas etárias. Além disso, acolhe com carinho, respeito e assim, o paciente pode ter uma melhor qualidade de vida durante seu tratamento.

Toda a arrecadação proveniente de doações, bazares e eventos são direcionadas às necessidades materiais e alimentares dos pacientes, como café da manhã, lanche da tarde, medicamentos, suplemento alimentar, cesta básica, fraldas, roupas, sapatos, produtos de higiene pessoal, toalha de banho, chinelos, perucas, turbantes, lenços, entre outros.

Oferece atendimento socioassistencial com profissionais de Serviço Social, Psicologia, Farmácia, Direito, além de possuir um espaço adequado para eventos com profissionais de Estética. Promove ainda atividades e ações nas datas comemorativas, como bingos, bazares, palestras, oficinas, encontros e muito mais.

De segunda à sexta-feira, serve café da manhã e lanche da tarde bem diversificado, com café, leite, chá, achocolatado, vitaminas, sucos, bolos, doces, pães, frutas e outros.

A associação também realiza empréstimo de equipamentos hospitalares, como cama hospitalar, cadeira de rodas e de banho, muletas, andadores e outros, de acordo com a necessidade de cada paciente.

É relevante destacar que a Vida Viva é uma das entidades de Minas Gerais escolhidas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para participar de uma pesquisa para o Programa de Voluntários das Nações Unidas, e em 2018 foi convidada pelo “Minas Voluntários” e Federação Mineira de Fundações e Associações de Direito Privado (Fundamig), para correalizar o VI Forum Internacional do Voluntariado Transformador e os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável/ONU, que aconteceu no dia 30/11/2018, com a participação de diversas autoridades da cidade de Varginha e região.

No referido ano, a associação conseguiu a renovação da Certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social (certificado de filantropia junto ao CEBAS).

Compartilhar no Facebook

Secretaria Municipal de Saúde confirma morte por meningite em Varginha : 16/10/2019 19:35

A Secretaria Municipal de Saúde de Varginha confirmou nesta quarta-feira (16) que a morte de uma jovem de 19 anos no último sábado (12/10) na UPA do município, foi por meningite. De acordo com a Secretaria, a jovem deu entrada na UPA às 17h24 com quadro de cefaléia, febre, vômito e erupções cutâneas em membros inferiores. Ela foi atendida e medicada rapidamente e, assim que apresentou alteração no seu quadro clínico, foi encaminhada diretamente para a Sala de Emergência onde recebeu todo atendimento necessário, mas o quadro se agravou e ela não resistiu.

Segundo a Secretaria de Saúde, a Superintendência Regional de Saúde já liberou o fornecimento de medicamentos para as pessoas que tiveram contato com a jovem. Os profissionais da Unidade envolvidos no atendimento direto com a paciente em questão, foram medicados, conforme protocolo de meningite.

Indicação da vacina

Em relação à administração de vacinas, somente é indicada em casos de epidemia e surtos da Meningite Meningocócica, o que não está acontecendo no momento em Varginha.

Recomendações Gerais

- Procurar os serviços de saúde UPA e Pronto Atendimento sempre que apresentarem sintomas como: dor de cabeça, vômitos, febre alta, rigidez de nuca (pescoço endurecido), manchas no corpo.
- Não tomar medicamento sem prescrição médica, principalmente antibiótico;
- Notificar os casos suspeitos, para o Setor de Epidemiologia.
- Colocar o calendário de vacina em dia, principalmente da criança.

Sobre a Doença

Descrição: A meningite é uma inflamação das meninges, membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal. A meningite pode ser causada por vírus ou por bactéria, que é mais grave.

O risco de contrair meningite é maior entre crianças menores de cinco anos, principalmente até um ano, no entanto pode acontecer em qualquer idade.

A principal forma de prevenir a meningite é por meio da vacinação.

No Brasil, a meningite é considerada uma doença endêmica. Casos da doença são esperados ao longo de todo o ano, com a ocorrência de surtos e epidemias ocasionais. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no outono-inverno e das virais na primavera-verão.

Modo de transmissão

A meningite de origem infecciosa pode ser causada por bactérias, vírus, fungos e parasitas. Contato direto pessoa a pessoa, por meio de secreções respiratórias de pessoas infectadas, assintomáticas ou doentes. A transmissão por fômites não é importante.

Manifestações clínicas: O quadro clínico, em geral, é grave e caracteriza-se por febre, cefaleia, náusea, vômito, rigidez de nuca, prostração e confusão mental, sinais de irritação meníngea e outros.

Como se prevenir?

A meningite é uma síndrome que pode ser causada por diferentes agentes infecciosos. Para alguns destes, existem medidas de prevenção primária, tais como vacinas e quimioprofilaxia.

Outras formas de prevenção incluem: evitar aglomerações, manter os ambientes ventilados e limpos.

Vacinas: estão disponíveis para prevenção das principais causas de meningite bacteriana. As vacinas disponíveis no calendário de vacinação da criança do Programa Nacional de Imunização são:

a) Vacina meningocócica conjugada sorogrupo C: protege contra a Doença Meningocócica causada pelo sorogrupo C;
b) Vacina pneumocócica 10-valente (conjugada): protege contra as doenças invasivas causadas pelo Streptococcus pneumoniae, incluindo meningite.
c) Pentavalente: protege contra as doenças invasivas causadas pelo Haemophilus influenzae sorotipo b, como meningite, e também contra a difteria, tétano, coqueluche e hepatite B.
d) Vacina BCG: protege contra as formas graves da tuberculose e nos casos de meningite.

Compartilhar no Facebook

Shopping inaugura, nos próximos 30 dias, sete novas operações : 15/10/2019 18:39

O Via Café Garden Shopping, localizado em Varginha, aumenta o seu mix de operações com a abertura de sete novas lojas, nos próximos 30 dias. Dentro da estratégia de oferecer ao público do Sul de Minas um número cada vez maior de produtos e serviços, as próximas operações a serem inauguradas, ainda em outubro, são Polo Wear, Riachuelo e Track & Field. Logo depois, também serão abertas a Bacana Express, Brook Acessórios, Clínica Harmoniza e WM Informática.

Abrindo sua primeira loja na região Sul do estado, já que conta com unidades apenas em Belo Horizonte, Betim, Contagem, Juiz de Fora, Uberaba e Uberlândia, a Polo Wear chega à região na próxima quinta-feira, dia 10 de outubro, em um espaço de 400 m². A marca oferece coleções para toda a família, com roupas para homens, mulheres e crianças de todas as idades, com produtos que primam pela qualidade e conforto, sendo referência de alto valor agregado e excelente custo benefício no seu segmento.

Exatamente sete dias depois, 17/10, a Riachuelo finalmente abre suas portas no Via Café. Muito aguardada e desejada por toda a população do Sul de Minas, desde a inauguração do empreendimento em 2016, a Riachuelo chega com uma loja moderna, de 2000 m², bem ao centro do mall. A operação oferecerá aos frequentadores do shopping a experiência de circular entre moda feminina, masculina, infantil, calçados, acessórios, fitness, lingerie, beauty e eletrônicos. A marca também oferecerá uma gama variada de produtos de cama, mesa, banho e decoração.

Com o mundo cada vez mais fit, a moda não poderia deixar de acompanhar este movimento que já virou cultura. Dentre as marcas mais aclamadas do segmento está a Track & Field, queridinha de quem prima elegância durante as atividades físicas ou prefere looks esportivos para o dia-a-dia. No Via Café, a loja será inaugurada em novembro e terá tudo para a prática de esportes: roupas para treino, acessórios femininos e masculinos e uma linha moda praia.

De acordo com o gerente de Vendas e Marketing do Via Café, Leonardo Andrade, o segundo semestre de 2019 será um marco na história do centro de convivências, que se destaca regionalmente pela busca constante da excelência na prestação do serviço.

“Desde sua abertura, há três anos e meio, o empreendimento tem se esforçado em proporcionar para os seu público, as melhores experiências em compras, cultura, gastronomia e lazer. E prova disso é que somente neste mês, três novas operações nacionais chegam ao mall para diversificar ainda mais o nosso mix de lojas. É um shopping de interior, projetado e pensado para o público do interior, mas com marcas e opções encontradas em qualquer capital brasileira”, analisa.

Ainda de acordo com o gerente, além das quatro novas lojas que serão inauguradas ainda em 2019, outras marcas também estão em negociação com o centro de convivências, cujos nomes prefere, por enquanto, deixar em sigilo. “Estamos com uma taxa de ocupação muito boa, chegando a 90% da área bruta locável (ABL) preenchida”, comemora Leonardo.

Destaque na geração de empregos

Caminhando para o seu quarto ano de funcionamento, o Via Café é também destaque no Sul de Minas no fomento à economia regional, por meio da constante geração de empregos. Somente nos últimos quatro meses, o empreendimento ofereceu 100 vagas, com a abertura de suas novas lojas.

Desde janeiro, o shopping tem estimulado a geração de novos negócios com a chegada do Clube Sushi, Constance, Kings Sneakers, Roletta Calçados e o Studio Vareta que, além de contribuírem para a ampliação do mix de lojas, foram responsáveis pela contratação de 30 pessoas. Além disso, a inauguração de duas grandes operações: Polo Wear e Riachuelo, nestes próximos dias, serão responsáveis pelo emprego de outras 65, que vão de gerente de lojas a promotor para ações externas. Já a Track & Field, que já contratou seus colaboradores, gerou cinco novos postos de trabalho.

Este constante crescimento proporciona resultados concretos ao centro de convivências. Somente nos seis primeiros meses de 2019, o Via Café recebeu aproximadamente 1,8 milhões de pessoas, um aumento de 10% em relação a 2018. Em número de vendas, o empreendimento surpreendeu ainda mais e no primeiro semestre desse ano, as lojas comercializaram 10% a mais de do que no mesmo período do ano anterior.

“Já somos referência de varejo no Sul de Minas e a ideia é nos mantermos em destaque também no estado e, para isso, a companhia tem ousado nas suas estratégias de gestão que equilibram tradição, modernidade e atenção permanente às mudanças de comportamentos culturais e de consumo”, avalia o líder de Vendas e Marketing da região Sudeste do Grupo Tenco, que administra o Via Café, Alexandre Botelho.

Compartilhar no Facebook

Projeto Despertar oferece espaço de fala e reflexão aos autores condenados pela Lei Maria da Penha : 15/10/2019 18:27

Idealizado pela equipe da Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Social (SEHAD) em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e com o Poder Judiciário, o Projeto Despertar e uma iniciativa que tem como objetivo, oferecer um espaço de fala e reflexão aos autores condenados pela Lei Maria da Penha, que têm sua participação condicionada por intimação judicial.

Apesar de se tratar de um cumprimento de pena, o trabalho se dará através de um grupo reflexivo, que abordará temas que favorecem a ressignificação de papéis sociais que reforçam a violência nas relações homo e hétero afetivas, bem como nas relações sociais em geral.

Os encontros acontecerão mensalmente na Câmara Municipal dos Vereadores de Varginha e neles os facilitadores voluntários trabalharão estudos de casos sobre as formas de violência cotidianas, exibição de documentários sobre o tema, debate sobre os papéis sociais de gênero que legitimam as desigualdades sociais e a violência contra mulheres, o significado de ser homem e comportamentos de risco (ciclo da violência contra a mulher), além de debater formas pacíficas de lidar com conflitos.

Espera-se que essa iniciativa contribua para a redução do índice de reincidência dos participantes em crimes relacionados à violência contra a mulher, com o enfoque na possibilidade de torná-los multiplicadores das temáticas abordadas.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura veta integralmente Plano Diretor e outro projeto será encaminhado para nova votação : 15/10/2019 18:22

A Câmara Municipal recebeu na reunião ordinária de desta segunda-feira (14), o veto integral ao Projeto de Lei nº 05 de 2018, que trata do Plano Diretor para Varginha. No ofício assinado pelo prefeito Antônio Silva, ele justifica que os motivos de vetar tal projeto aprovado pela Câmara foram impropriedades jurídicas e técnicas encontradas no documento.

“Recebi há poucos dias, o projeto do Plano Diretor aprovado pela Câmara. Depois de uma análise minuciosa por parte da nossa procuradoria e também por parte da Secretaria de Planejamento, nós constatamos que havia algumas impropriedades e conflitos, que não poderiam permanecer. Em seguida, nós entendemos que o prudente seria vetar integralmente o projeto, o que nos permitiria reenviá-lo com as correções necessárias”, disse o prefeito.

Agora, cabe à Câmara colocar em votação o veto do Executivo e aguardar um novo projeto que será encaminhado pelo prefeito, realizar novamente as emendas e colocá-lo novamente em votação.

“Nós queremos aproveitar essa oportunidade, de enaltecer o trabalho da Câmara de Vereadores, que foi uma elaboração longa e com muita responsabilidade. Muitas das emendas que foram apresentadas pelo Legislativo, melhoraram até o projeto. Nosso veto não decorre das emendas que foram feitas pela Câmara, mas foram por erros formais e materiais, que em uma lei que é a magnitude do Plano Diretor, elas não podem prevalecer. O mais sensato foi que antes nós fizemos uma reunião com os vereadores, e eles entenderam que era necessário fazer essas correções e reenviar o projeto à Câmara, para que ela possa novamente analisá-lo, fazer as emendas que tendem ser cabíveis e nós então aprovaremos um plano livre de todas as impropriedades que nós apuramos”, concluiu.

É preciso ressaltar que o Plano Diretor deu entrada na Câmara de Varginha em 2018 e desde então foram realizadas várias audiências públicas para apresenta-lo à população e ouvir as sugestões, reuniões com uma comissão montada pelo Legislativo com profissionais de diversas áreas que estudaram o projeto e sugeriram as emendas que deveriam ser feitas, além de diversas reuniões com uma equipe técnica da Prefeitura para responder aos questionamentos dos vereadores.

Para o presidente da Câmara, vereador Dudu Ottoni, “foram quase dois anos de muito estudo e trabalho exaustivo desta Casa por parte de todos os vereadores e de funcionários que se empenharam na confecção de um Plano Diretor que atendesse aos anseios da nossa população e que correspondesse aos objetivos de desenvolvimento e progresso que são necessários para o futuro do nosso Município. Acreditamos que esses erros materiais sejam facilmente corrigidos e que o mais breve possível possamos receber novamente o projeto na Câmara e ainda este ano coloca-lo novamente em votação”, ressaltou.

A expectativa da Câmara é que a Prefeitura encaminhe um novo projeto do Plano Diretor para o Legislativo realizar as emendas e colocar em votação ainda este ano.

Compartilhar no Facebook

Câmara promove audiência pública para discutir serviço de transporte por aplicativos : 14/10/2019 18:54

Atendendo a um pedido do vereador Carlos Costa, a Câmara Municipal de Varginha promove, na próxima quinta-feira (17), às 19h, uma audiência pública para discutir o Projeto de Lei nº 54/2019, de autoria do Executivo, que dispõe sobre o uso do sistema viário urbano do Município de Varginha para a prestação de serviços de transporte individual remunerado de passageiros por meio de plataformas de tecnologias por aplicativos, ou seja, o projeto que trata da regulamentação do serviço de Uber e 99, por exemplo.

Assim que o referido projeto deu entrada no Legislativo, foram levantados vários questionamentos pelos prestadores de serviços e usuários. O objetivo desta audiência é colocar em discussão o assunto e tentar responder à maioria das dúvidas levantadas.

Estão sendo convidados para participar representantes dos departamentos Jurídico, de Transporte e Trânsito da Prefeitura, da Guarda Civil Municipal, além de proprietários de aplicativos, representantes do Sindicato dos Motoristas de Varginha, dos taxistas e dos motoristas de aplicativos, tanto da Uber, como da 99 e da Up.

De acordo com o vereador Carlos Costa, debater esse assunto é de extrema importância, pois se trata de um tema que afeta diretamente a vida de muitas pessoas.

“Este projeto que deu entrada na Câmara de Varginha interfere, diretamente, na vida de cerca de 300 a 400 motoristas de aplicativos existentes na cidade, que prestam serviço à comunidade. Como a regulamentação deste serviço já foi feita em várias cidades, inclusive aqui da região, cabe uma grande discussão para que se possa aprimorar o projeto de lei e implantar a regulamentação de forma harmônica, pacífica e que beneficie a todos”, disse o vereador.

Qualquer pessoa interessada pode participar da audiência, que também será transmitida, ao vivo, pelo Facebook e canal do Youtube da Câmara.

Compartilhar no Facebook

Prefeito homologa licitação de contratação de empresa para conclusão das obras do Centro de Iniciação do Esporte : 14/10/2019 18:51

O Prefeito Antônio Silva homologou nesta sexta-feira (11), a licitação para a contratação de empresa para a conclusão das obras de construção de Ginásio Poliesportivo para a implantação do Centro de Iniciação do Esporte – CIE, em área localizada na Avenida Zoroastro Franco de Carvalho, bairro Santa Maria. Participaram da assinatura o vice-prefeito Vérdi Melo e o presidente da Comissão Permanente de Licitações, Sivaldo Afonso Piva.

A vencedora é a empresa Tri-Service Engenhart's e Terceirização Ltda, e o valor global da contratação é de R$ 2.617.498,48, sendo R$2.419.189,84 para o lote 01 e R$198.308,64 para o lote 02. Nos próximos dias será elaborado o contrato para então ser dada a ordem de serviço para início das obras.

O CIE de Varginha é o modelo I para terrenos de 2.500 m² e área construída de 1.600 metros quadrados. Quando concluído o ginásio poliesportivo terá arquibancada com 177 lugares, e ainda área de apoio (administração, sala de professores/técnicos, vestiários, chuveiros, enfermaria, copa, depósito, academia, sanitário público).

O espaço vai abrigar as modalidades olímpicas de atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton e levantamento de peso. Além de seis modalidades paraolímpicas: esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball e uma não-olímpica, como o futsal.

“Esta foi uma obra idealizada em 2014 durante as Olimpíadas. A obra começou em 2017 mas apresentou problemas. Infelizmente a empresa contratada não deu conta de cumprir o contrato e acabou abandonando a obra. Mas agora, com este passo, estamos certos de que muito em breve teremos um Centro de Iniciação a altura do que a nossa cidade merece”, disse o prefeito.

“A conclusão do CIE é uma meta da nossa administração, dada a sua importância deste instrumento público, que surge como uma das ferramentas essenciais no processo de massificação da prática esportiva no país”, disse o vice-prefeito Vérdi Melo.

Compartilhar no Facebook

Prefeitura inscreve município para receber modelo de escola cívico-militar : 14/10/2019 18:49

O município de Varginha se inscreveu para aderir ao modelo cívico-militar proposto pelo governo federal. O prazo limite para adesões venceu nesta sexta-feira (11), mas o prefeito Antônio Silva enviou ofício na terça-feira (8), ao secretário de Fomento às Escolas Cívico Militares, Aroldo Riveiro Cursino, manifestando o interesse em aderir ao modelo.

Na oportunidade, o prefeito indicou duas escolas municipais que poderiam ser utilizadas para a implantação do modelo em Varginha. São elas a escola municipal Domingos Ribeiro de Rezende, no centro, e a escola municipal José Augusto de Paiva, no Santana.

A gestão híbrida compartilhada com civis e militares será implementada em 2020, em 54 escolas. De acordo com o Ministério da Educação (MEC) as escolas devem manifestar interesse junto à secretaria Estadual de Educação. Serão selecionadas duas instituições de casa estado e do Distrito Federal.

O MEC vai liberar R$ 54 milhões para o programa em 2020, sendo R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal em algumas instituições e na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar, reformas, entre outras pequenas intervenções.

O prefeito Antônio Silva explica que tão logo tomou conhecimento da possibilidade dos município se habilitar a possuir uma escola civico militar imediatamente solicitou a secretaria de educação que adotasse todas as providências para que dentro do prazo estabelecido se habilitasse.

“Já tivemos retorno, estamos com nosso interesse formalmente registrado e estamos aguardando uma definição. Temos duas escolas em condições para esse modelo que é uma inovação Brasil que traz ganhos extraordinários para a educação municipal”, disse.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook

Atividades do Projeto Academia de Rua continuam a todo vapor : 09/10/2019 21:25

As atividades das Academias de Rua de Varginha continuam a todo vapor. São mais de 400 pessoas que fazem atividade física diariamente e consequentemente buscam ter mais saúde e qualidade de vida.

Estudos comprovam que as caminhadas vêm ganhando cada vez mais adeptos, praticantes, parceiros e apoiadores. De acordo com a Prefeitura, são mais de 250 pessoas a cada caminhada realizada pela Secretaria Municipal de Esporte e Lazer – SEMEL.

Outro sucesso é o Desafio 15 Dias. O evento bateu recorde de participação e de resultados sendo que em 2019 foram cerca de 1.500 inscrições, 700 pessoas cumpriram os trêsDesafios o que resultou em mais de 1.249kg eliminados sem contar com a melhora psicológica dos participantes. “É uma grande conquista para a saúde pública e a qualidade de vida das pessoas, gratuitamente, saudavelmente”, afirma o professor da SEMEL, Flávio Henrique Pontes.

Outro projeto que se destaca é o “Varginha mais Saudável”, que atinge cada mais as diferentes regiões da cidade atraindo populações de diversas idades.

Esses eventos integram o Projeto Academia de Rua da SEMEL e todos incentivam a atividade física, a alimentação saudável e os cuidados com a saúde. “Ao todo são mais de 4 mil pessoas envolvidas que estão sendo beneficiadas com nossos projetos”, garante Flávio.

“Estamos conseguindo fazer com que a população varginhense desperte para a importância de cuidar da saúde, de prevenir doenças e conquistar uma vida saudável rumo a um futuro melhor para todos”, declara o vice-prefeito Vérdi Melo.

Um dos espaços mais frequentados é a Academia de Rua da Vila Paiva, que tem aula com o professor Flávio de segunda à quinta-feira, a partir das 18h.

Vale ressaltar que no sábado, dia 26, terá a Caminhada do Pesqueiro das Minas saindo da Vila Paiva. Os participantes são convidados a usarem camiseta rosa dentro das comemorações do Outubro Rosa – que chama a atenção de toda a sociedade quanto à importância da prevenção principalmente do câncer de mama.

Informações sobre as atividades oferecidas pela SEMEL podem ser obtidas pelo telefone 3690-2172.

Compartilhar no Facebook

Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo começa hoje : 08/10/2019 19:30

A vacinação visa interromper a circulação do vírus do sarampo.
A Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo começou hoje em Varginha.

A primeira etapa vai até 25 de outubro. Essa fase será focada em todas as crianças não vacinadas de seis meses a a cinco anos. O dia D, de mobilização nacional será 19.

Já a segunda etapa será de 18 a 30 de novembro e visa a vacinação de adultos jovens não vacinados na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. O dia D, de mobilização nacional, será 30 de novembro.

A campanha de vacinação contra o sarampo está sendo realizada para interromper a circulação do vírus de proteger os grupos mais acometidos pela doença no País. O trabalho substitui a campanha Multivacinação, que aconteceria neste mesmo período.

Confira os endereços das Unidades Básicas de Saúde que estarão preparadas para a vacinação:

Compartilhar no Facebook
1 2 3 4 5 6 7 8 9